MEO, NOS e Vodafone Portugal: esta foi a operadora favorita dos portugueses no 1.º semestre

Rui Bacelar
Comentar

Em Portugal, durante os primeiros seis meses de 2021, a preferência dos portugueses recaiu na MEO, marca da Altice Portugal. Esta operadora não só aumentou a vantagem sobre concorrentes como a NOS e Vodafone Portugal como também reforço o serviço.

As conclusões são agora divulgadas pela própria Altice Portugal, através de comunicado à imprensa, dando conta dos dados compilados pela ANACOM. Foi, com efeito, o regulador de mercado das comunicações em Portugal que atribuiu a "vitória" à empresa liderada por Alexandre da Fonseca.

Altice Portugal liderou o 1.º semestre em Portugal graças à operadora MEO

Altice Portugal MEO operadora

Em causa estão os últimos relatórios divulgados pela ANACOM com dados referentes aos serviços de comunicações eletrónicas no 1.º semestre de 2021. Indicadores que voltam a reforçar a liderança clara da MEO, marca da Altice Portugal. Posição de destaque que assume em todos os serviços de comunicações em Portugal.

À liderança de mercado das telecomunicações em Portugal junta-se a liderança enquanto operador com menos reclamações em termos relativos. Com efeito, de acordo com o regulador setorial (ANACOM), a MEO é o operador com menor número de reclamações por cada 1000 clientes. Em termos absolutos, fruto do maior número de clientes, é uma das que regista mais reclamações.

Ainda assim, no 2.º trimestre de 2021, a MEO apresenta a menor taxa de reclamações (1,1 por mil clientes). De igual modo, é também o operador com maior diminuição de reclamações (-14%).

Neste período, segundo a ANACOM, a NOS foi o prestador mais reclamado. Registou 6,5 mil reclamações, 35% das reclamações do sector. Na prática, foi o único operador entre os mais reclamados cujas reclamações aumentaram, em termos homólogos, 13%.

A ativação de serviços sem consentimento aumentou pelo segundo período consecutivo nas reclamações contra a NOS (+4 pontos percentuais).

A Altice Portugal lidera o mercado afastado-se da NOS e Vodafone Portugal

No final do 1.º semestre, 78,1% das famílias tinham subscrito serviços de alta velocidade em local fixo. Consulte informação detalhada no relatório hoje publicado pela ANACOM. https://t.co/F1cxstyOi8#estatísticas#redesAltaVelocidade pic.twitter.com/YbhUpsGUnc

— ANACOM (@_ANACOM_) 14 de setembro de 2021

No final do 1.º semestre de 2021, a MEO foi o prestador com a quota de assinantes do serviço de distribuição de sinais de TV por subscrição mais elevada (40,4%). Na prática, observamos um crescimento de +0,5 pp versus o mesmo período do ano anterior.

Em síntese, o operador líder dos portugueses continua a aumentar a sua vantagem para o segundo operador. Isto após o ultrapassar em número de subscritores no segundo trimestre de 2020.

A MEO continua a deter a liderança no Serviço Telefónico Fixo (42,0%); nos Serviços Móveis (44,5%); na Banda Larga Fixa (38,9%) e em Pacotes de Serviços (40,8%).

A operadora NOS registou mais queixas em termos absolutos

A empresa está confiante da iderança da Altice Portugal e das suas marcas, tais como: Altice Empresas, MEO, MOCHE e SAPO – em todos os serviços e segmentos de comunicações em Portugal.

Já no segmento jovem, a MOCHE assegura uma posição única no mercado. Fá-lo através da sua irreverência e de uma oferta diversificada de produtos e serviços.

Por fim, no Digital, o SAPO, há 26 anos a conquistar a confiança dos portugueses, mantém a liderança enquanto o portal preferido dos portugueses.

Editores 4gnews recomendam:

Rui Bacelar
Rui Bacelar
Na escrita e comunicação repousa o gosto, nas leis a formação. É na tecnologia que encontrou o seu expoente máximo e na 4gnews a plataforma ideal para a redação e produção de vídeo.