lumia-950

O par de Lumia 950 foi, quer se seja a favor ou contra, dependendo do ponto de vista, a opção da Microsoft para o ano de 2015, já a entrar em 2016.

De facto, no final do ano anterior aquela empresa americana apresentou os dois primeiros flagships criados com o nome da mesma, isto depois de adquirir a divisão mobile da Nokia.

   

Quanto ao hardware, excetuando o design final que foi, sem dúvida, muito contestado porque não se via nos Lumia 950 ou no 950 XL qualquer tipo de construção premium, o restante não parece poder ser questionado dado que a bateria pode ser removida, tens possibilidade de introduzir um cartão de memória, carregador rápido tipo C e, quanto tudo o resto, assemelha-se a outros smartphones de gama-alta lançados no mesmo período.

USB-Type-C Lumia 950

Por outro lado, o seu software compromete, em demasia, grande parte do desempenho que deles podes retirar. Aqui, a culpa foi da Microsoft que, incoerentemente, lançou estes smartphones com Windows 10 Mobile, ainda com o software numa fase bastante prévia. Alguns erros foram já reportados quanto à sua autonomia, rapidez ou existência de bugs.

Assim, os Lumia 950 e 950 XL têm agora disponível uma nova firmware que pode ser instalada nesses dispositivos que, basicamente, consiste num conjunto de correção de bugs e instabilidades presentes no aparelho, bem como melhorias a nível de GPS e qualidade de chamada.

Talvez queiras ver:

ViaWMPoweruser
FonteMicrosoft
Desde cedo comecei a interessar-me pelo que podia fazer no computador. Porém, a grande paixão surgiu com o primeiro telemóvel e complementou-se com os smartphones. Nada há a dizer, são simplesmente fantásticos e úteis em todo o tipo de situações.