iPhone 14: analistas preveem mesmo preço para modelo base e aumento para versões Pro

Mónica Marques
Comentar

Analistas da empresa JP Morgan tentam hoje desvendar o segredo mais guardado sobre a nova série iPhone 14: o seu preço.

De acordo com a empresa de consultoria, o modelo base terá o mesmo preço inicial do antecessor, mas as versões Pro vão sofrer uma inflação no seu custo.

Aumento de preços só nos modelos Pro do novo iPhone 14

Amanhã, dia 7 de setembro, às 18 horas de Portugal, a nova série de smartphone iPhone 14 será revelada oficialmente pela Apple. Mas até ao último minuto antes da conferência, teremos rumores sobre um dos smartphones mais icónicos de todos os tempos.

Apesar de serem já conhecidas muitas das especificações dos novos modelos da série, de alguma forma, a Apple tem conseguido manter em segredo o preço de cada um dos terminais. Logo, este é um dos fatores que mais rumores tem suscitado.

Fazemos um pequeno resumo de todas as informações que surgiram no mundo Web até agora. O primeiro rumor apontava para que todas as novas versões tivessem um preço inicial superior às versões do iPhone 13. Depois surgiu o rumor de que a Apple iria manter os preços iniciais de 2021. Por fim, já se falava que o iPhone 14 seria mais acessível do que o modelo anterior, sendo que os modelos Pro e Pro Max eram um pouco mais caros que a geração anterior.

iPhone 13
Modelos Pro e não Pro do iPhone 14 também vão ter preços diferentes Crédito@Apple

Agora é a vez de os analistas da JP Morgan tentarem desvendar o segredo mais guardados sobre o iPhone 14. De acordo com a empresa de consultoria e análise, o iPhone 14 terá o mesmo preço inicial do iPhone 13. Em contrapartida, tanto o iPhone 14 Pro como o 14 Pro Max vão chegar mais caros.

E para já, esta previsão parece ser a que faz mais sentido. Tendo em conta que a Apple vai fazer uma distinção significativa entre as versões Pro e não Pro, um aumento de preço para o modelo base iPhone 14 podia afetar negativamente as suas vendas.

Por outro lado, tanto o iPhone 14 Pro como o 14 Pro Max, com todas as alterações no seu hardware (novo processador e sensor de 48 megapixéis) terá um custo de produção mais elevado que, como não podia deixar de ser, tem de ser refletido no preço final para o utilizador.

Infelizmente, a JP Morgan não adianta valores concretos para cada um dos novos modelos, nem avança um número específico de aumento para os mais caros. Mas, falta pouco mais de 24 horas para sabermos tudo…

Editores 4gnews recomendam:

Mónica Marques
Mónica Marques
Como jornalista de tecnologia assistiu à chegada do 3G e outros eventos igualmente inovadores no mundo hi-tech ao longo de mais de 20 anos de carreira.