iPhone 11 começa a escassear por culpa do surto de Coronavírus

Carlos Oliveira
Comentar

Um relatório do New York Post reporta que vários retalhistas em Nova Iorque estão a ficar sem stock dos iPhone 11. A culpa deste cenário é da falta de produção do equipamento, pelo facto de muitas fábricas estarem fechadas, na China, por causa do novo Coronavírus.

Com as cadeias de produção do smartphone paradas, os comerciantes começam a não saber quando terão novas unidades disponíveis para venda. Ademais, estes temem que as operadores estejam a retrair unidades nos seus armazéns com o objetivo de controlar uma eventual escassez generalizada do produto.

Esta escassez está a afetar toda a gama dos iPhone 11, o que torna este problema ainda mais sério. Há até relatos de superfícies onde os equipamentos encontram-se esgotados há duas semanas.

iPhone 11

Será que o mesmo problema se verifica noutros países?

O relatório apenas menciona retalhistas em Nova Iorque, mas nada nos garante que noutros países não se passe o mesmo. Estando as fábricas de produção paradas, é natural que todos os mercados possam sofrer com a escassez de produtos.

Até ao momento, não temos conhecimento de que algo de semelhante se esteja a passar em Portugal. Através do site oficial da Apple, os iPhone 11 continuam com entregas dentro de uma semana, o que é o período normal.

No entanto, se as fábricas que produzem os equipamentos da Apple não voltarem ao trabalho em breve, é possível que a escassez se faça sentir também em Portugal. Esperemos que a situação na chegue a esse ponto.

Lançamentos de novos produtos também poderão ser afetados

O novo Coronavírus não está só a ter impacto nos produtos atualmente disponíveis no mercado. Vários relatórios tecem preocupações sobe eventuais atrasos no lançamento dos próximos modelos.

O suposto iPhone 9, que deveria ser apresentado este mês, poderá ver o seu lançamento adiado precisamente pela falta de produção. Mesmo os iPhone 12, que só serão apresentados em setembro, poderão sofrer de atrasos.

Tudo isto está fora do controlo da Apple. Em primeiro lugar, deve estar a saúde das pessoas, portanto, compreende-se que estes atrasos possam acontecer, restando-nos esperar que elas regressem ao trabalho assim que seja possível.

Editores 4gnews recomendam:

Carlos Oliveira
Carlos Oliveira
Tendo já passado por várias casas, a 4gnews é aquela que me segura desde 2015. Com um desejo insaciável de me manter atualizado tecnologicamente, a partilha desse conhecimento é apenas o seguimento natural das coisas.