Huawei prepara novo smartphone dobrável. Este é o seu aspeto

Rui Bacelar
Comentar

A Huawei está longe dos holofotes e do seu período áureo. Todavia, as condições adversas de mercado não a impedem de continuar a desenvolver novos smartphones, ainda que o faça a um ritmo residual face aos últimos anos. Ainda assim, teremos em breve um novo smartphone dobrável da Huawei.

O futuro da fabricante pode passar, cada vez mais, pelo segmento premium com o formato dobrável, especializando-se a marca chinesa neste setor. Independentemente do bloqueio imposto pelos EUA, a empresa de Ren Zhengfei tem pelo menos um novo dispositivo móvel.

Design do próximo smartphone dobrável da Huawei promete surpreender

smartphone dobrável Huawei
Design sugerido para o próximo smartphone dobrável da Huawei.

As imagens e rumores foram disseminados através da rede social chinesa Weibo. Aí, ficamos a saber que o dispositivo móvel adotará um design e formato similar aos smartphones da linha Samsung Galaxy Z Flip, bem como ao dobrável Motorola Razr.

Estas informações citam fontes próximas da indústria, mais concretamente parceiros de produção como a Zhaoli Technology, responsável pela produção de diverso hardware para dispositivos móveis. É segundo estes indicadores que temos agora uma noção concreta sobre o formato a seguir pela Huawei para a sua próxima aposta.

Assim sendo, além do novo formato, o smartphone dobrável deverá também adotar um mecanismo de dobra mais simples. Isto permitirá não só reduzir a espessura geral do produto, como aumentar a sua durabilidade e experiência de utilização.

Smartphone dobrável seguirá as linhas dos Samsung Galaxy Z Flip e Motorola RAZR

smartphone dobrável Huawei
Design sugerido para o próximo smartphone dobrável da Huawei.

Ainda que o produto não tenha tampouco um nome atribuído, sabemos que entre os destaque estará efetivamente a nova dobradiça. Este é um dos maiores desafios para o segmento dos smartphones dobráveis, o mecanismo de dobra que se procura ser eficaz, durável e com pouco impacto na espessura dos dispositivos.

Será, em síntese, um mecanismo com menos partes, mais fino e apreciavelmente mais durável. Agora, contudo, resta saber se a Huawei avançará com o projeto. De qualquer modo, estaremos atentos às novidades.

Deverá a fabricante apostar neste segmento de smartphones?

Editores 4gnews recomendam:

Rui Bacelar
Rui Bacelar
Na escrita e comunicação repousa o gosto, nas leis a formação. É na tecnologia que encontrou o seu expoente máximo e na 4gnews a plataforma ideal para a redação e produção de vídeo.