Huawei Mate 40 pode ser o último com processador Kirin

António Guimarães
Comentar

O Huawei Mate 40 (ou Mate 40 Pro) será o próximo smartphone da gigante chinesa, com data de lançamento prevista para o último trimestre do ano. Como sempre, as fugas de informação vão surgindo que revelaram 12 GB de RAM e 512 GB de armazenamento interno.

Já foi também confirmado que o Huawei Mate 40 virá equipado com o processador Kirin 1000 e será o primeiro a estrear o chip. O Kirin 1000 é um processador de 5 nm que promete não desiludir na performance, tal como os modelos do passado.

No entanto, este pode ser o último equipamento da Huawei com processador Kirin. Isto porque os últimos desenvolvimentos do conflito entre a Huawei e os Estados Unidos sugerem que a marca vá trocar de fornecedor de chips.

fgdfdg

Huawei vai ficar com a MediaTek ou Snapdragon

Richard Yu, um dos líderes da Huawei, confirmou numa entrevista que os processadores Kirin iriam parar de ser produzidos. Assim sendo, a Huawei fica com duas opções de fornecimento: MediaTek ou Qualcomm.

Quando os Estados Unidos começaram a dificultar o fornecimento de componentes de processador à Huawei, a empresa rapidamente virou-se para a MediaTek, uma das suas concorrentes no mercado de processadores. Entretanto, existem rumores de que alguns equipamentos de média gama da marca virão com MediaTek.

A outra hipótese é a Qualcomm, com os Snapdragon. Relembremos que a Huawei recusou-se a colocar processadores Snapdragon nos seus telemóveis. Esta foi a decisão que levou os Estados Unidos a banir a empresa por completo, despoletando todo este conflito.

Editores 4gnews recomendam:

António Guimarães
António Guimarães
Juntamente com os seus atuais companheiros Mi A2 e Surface Go, batalha para elucidar as massas sobre todos os acontecimentos da esfera tecnológica. "Informação é poder" é a frase que o acompanha diariamente. Talvez um dia a coloque numa t-shirt.