Huawei é a maior marca na China e Xiaomi perde terreno, segundo relatório

António Guimarães
Comentar

A empresa de pesquisas de mercado IDC lançou dados de vendas relativamente ao segundo trimestre de 2019. Os números mostram que a Huawei está a vender como nunca na China, apesar dos recentes problemas na América.

A controvérsia da Huawei com os Estados Unidos parece não ter afetado muito as vendas da gigante chinesa. Na verdade, o negócio da empresa manteve-se praticamente intacto no território chinês. O mesmo já não se pode dizer da Xiaomi.

As 5 marcas com mais quota de mercado na China

  1. Huawei - 37%
  2. Vivo - 18.7%
  3. Oppo - 18.6%
  4. Xiaomi - 11.9%
  5. Apple - 6.7%

A Huawei foi a marca que registou mais crescimento anual, aumentando a sua quota de mercado em 10%, comparativamente a 2018. Por incrível que pareça, já não é a Xiaomi a 'morder os calcanhares' da Huawei mas sim a Vivo e Oppo.

A Vivo e Oppo tem estado em ascensão constante com os seus telemóveis que exibem excelentes relações de qualidade e preço. Ambas as marcas estão praticamente iguais em quota de mercado, com a Vivo a ganhar por uma pequena margem.

Já a adorada Xiaomi teve um trimestre menos positivo pois registou uma queda em vendas. A Xiaomi possuia 13.9% da quota de mercado na China em 2018. Atualmente, esse número desceu para 11.7%.

A terminar a lista temos ainda a Apple, que até se manteve relativamente estável com 6.7% de quota de mercado. A empresa americana já viu melhores dias na China mas continua a ser uma marca relevante em território chinês.

Editores 4gnews recomendam:

Comentar
António Guimarães
António Guimarães
Juntamente com os seus atuais companheiros Mi A2 e Surface Go, batalha para elucidar as massas sobre todos os acontecimentos da esfera tecnológica. "Informação é poder" é a frase que o acompanha diariamente. Talvez um dia a coloque numa t-shirt.