Google Pixel 2: Tudo o que sabemos sobre os novos smartphones

Filipe Alves
Google Pixel 2: Tudo o que sabemos sobre os novos smartphones
Conceitos do futuro Google Pixel 2

Depois de ter oferecido aos consumidores dois dos melhores smartphones do mercado no ano passado, a Google avança para a linha de sucessão. Vai a gigante seguir as tendências do mercado a nível de design? Irão os Google Pixel 2 continuar a ser para um nicho de mercado?

O encontro que responderá a estas e outras questões está marcado para 4 de outubro. Nesta altura, os rumores são imensos e a especulação acerca de quem os vai construir, como se irão parecer e como se portarão a nível especificações adensa-se.

Vê ainda: Huawei Mate 10: Alegada imagem mostra o design frontal do smartphone

Neste artigo trabalhamos com rumores, numa linha de smartphones que tem de ir além da bandeira do Android puro para se afirmar. A melhor câmara de 2016 num smartphone foi um bom começo.

Quem vai construir os novos Google Pixel 2?

Os primeiros rumores apontavam para a existência de três dispositivos, mas ao que se tem lido, um deles (com o nome de código “Muskie”) foi abandonado. “Walleye” é aparentemente o nome de código para o Pixel 2 e “Taimen” para o Pixel 2 XL.

Em 2016 foi a HTC a responsável pela construção de ambos os terminais, mas este ano parece que a tarefa está a cargo da LG. E relembrando o “velhinho” Nexus 5, é de ficar entusiasmado com uma parceria que tão bons resultados deu no passado.

Como será o design?

O grande desejo dos entusiastas do Android stock (onde me incluo) é que a Google siga a tendência do mercado e nos apresente um ecrã edge-to-edge.

Os rumores apontam para que o Pixel 2 siga a linha de design do ano passado, com os bezels que, sinceramente, em topos de gama, fazem mesmo parte do passado. Quanto ao Pixel 2 XL, a história é outra, e tem-lhe sido rotulado um ecrã edge-to-edge, mais ao estilo do LG G6.

Existem várias contradições nos vários leaks, e estas sempre importantes para criar o hype em torno dos novos dispositivos. Algumas fugas de informação apontam também para que ambos os dispositivos não possuam bezels. E convenhamos que isso seria o ideal, pois se o modelo base trouxesse um design do passado seria sempre olhado de lado, enquanto que todas as atenções se focariam no modelo maior.

Quanto à parte traseira dos dispositivos, os rumores apontam para o design similar aos do ano passado, algo que não sou apreciador, mas que a confirmar-se, começa a formar uma certa identidade na linha Pixel.

Teremos diferenças no ecrã?

Tal como em 2016, os rumores apontam para que 5’ e 6’ polegadas sejam os tamanhos dos ecrãs dos novos dispositivos. E tal como nos primeiros Pixel é expectável que estejamos perante ecrãs OLED, embora com variações.

Google Pixel 2 smartphone
"Close up" do possível Google Pixel 2

Os rumores apontam para que a versão maior tenha 5.99" polegadas com um ecrã edge-to-edge e uma resolução QuadHD. Já o Pixel mais pequeno terá 4.97" polegadas e uma resolução apontada ao FullHD com os já – podemos chamar-lhe ultrapassados – bezels.

O que vemos no meio dos rumores é que o Pixel 2 não trará melhorias visíveis a nível de design e que a figura de proa será o seu irmão XL com um display futurista.

O hardware estará um passo à frente do mercado?

A resposta a esta pergunta ainda se encontra no segredo dos deuses da Google. Primeiramente vimos leaks em que ambos estariam equipados com já conhecido Snapdragon 835. No entanto, também não é pôr de parte que os novos Pixel sejam os primeiros a estrear o Snapdragon 836 – processador que ainda não é oficial.

Além disso, ambos os terminais poderão estar equipados com o GPU Adreno 540. Quanto à memória interna, aponta-se para que a versão mais pequena conte com variação entre 64 e 128 GB, enquanto que a versão XL possa trazer a versão nativa de 128GB.

Contando com um processador em linhas com os restantes flagships lançados este ano – ou até um passo à frente –, os 4GB de RAM são mais que aceitáveis num smartphone que correrá Android stock. Outra questão a ter em conta é também o abandono, ou não, do jack 3.5mm.

Será interessante ver se a Google segue a tendência da Apple ou se, pelo contrário, mantém algo que muito utilizadores ainda agradecem nativamente, e como possuem dispositivos como o Galaxy S8.

Conseguirá a Google manter a melhor câmara do mercado nos Google Pixel 2?

A câmara do Google Pixel foi amplamente elogiada e vista como uma das melhores do ano passado. A fasquia está bastante alta e a tendência de 2017 são as câmaras duplas, no entanto, os rumores não apontam para que esse caminho seja seguido.

Google Pixel Google Pixel 2
Google Pixel

É óbvio que estaremos perante câmaras superiores às dos anteriores modelos. Não havendo leaks sobre o modelo mais pequeno, é apontado que o XL 2 tenha uma câmara traseira com 12MP e capaz de filmar em 4K. Quanto à câmara frontal, fala-se em 7MP.

O software que todos desejam ou simplicidade a mais?

Para os admiradores de Android puro este smartphone será um petisco. Será o porta estandarte do novíssimo Android Oreo e terá sempre as atualizações mais recentes.

Alguns leaks mais recentes apontam para que os novos Pixel tenham a possibilidade de te proporcional ecrã “always on”, e é de esperar que hajam novidades quanto à Google Assistant.

Google Pixel 2 em Portugal e Brasil? Bateria e preços?

Como é sabido, a não-venda oficial do primeiro Pixel no nosso país e no Brasil prendeu-se essencialmente com a inabilidade da Google Assistant em funcionar com a língua de Camões. Nada é certo neste momento, mas penso que eu e muitos gostaríamos de ver os novos Pixel à venda em Portugal e no Brasil, mesmo sem essa pequena fatia do bolo.

Em termos de bateria não há grandes informações, mas esperam-se números parecidos aos dos modelos do ano anterior e quanto a preços, se for para seguir as tendências do mercado, esperam-se salgados.

Falando-se de flagships estes vão seguir as mesmas linhas de cifrão. Agora é aguardar por dia 4 de Outubro.

Outros dias relevantes:

Bluboo S1 Review | O “Xiaomi Mi Mix” com preço acessível!

Apple iOS 11: 7 mudanças a explorar mal instales a nova versão

BQ apresenta os novos smartphones BQ Aquaris V e BQ Aquaris V Plus

Artigo por Bruno Coelho para 4gnews

Filipe Alves
Filipe Alves
Fundador do projeto 4gnews e desde cedo apaixonado pela tecnologia. A trabalhar na área desde 2009 com passagens pela MEO, Fnac e CarphoneWarehouse (UK). Foi aí que ganhou a experiência que necessitava para entender as necessidades tecnológicas dos utilizadores.