Google foi apanhado a "roubar" conteúdo do Genius, mas sem consequências

António Guimarães
Comentar

O ano passado, o site de letras de música Genius processou a Google, alegando roubo das transcrições de letras para ganho próprio. Resumidamente, a Google utilizava a Genius como fonte para publicar as letras das músicas na sua plataforma, negando precioso tráfego ao Genius.

Como um motor de busca, esta ação não é ética e uma prática anticoncorrência. Os proprietários do Genius chegaram a testar se era mesmo a Google a roubar conteúdos, ao alterar detalhes na gramática de algumas letras. Posto isto, a Google colocou exatamente as mesmas letras, com os erros intencionais do Genius.

Processo acabou por não ter um resultado favorável para o Genius

Infelizmente para o Genius, o tribunal acabou por desconsiderar o caso. Na verdade, o tribunal não afirmou que a Google não tem culpa de roubar conteúdos de letras. A questão é que as acusações do Genius não tem uma base legal para se manterem.

Isto porque o Genius adquire as licenças de direitos de publicação das letras e devido às leis de direitos de autor nos Estados Unidos, a acusação não constituiu argumento suficiente para acusar a Google de roubar conteúdo. Em vez disso, a acusação centrou-se na violação dos termos de serviço do Genius.

dsgsd

Essencialmente, o Genius está a acusar a Google de roubar o seu trabalho e receitas. Conforme mencionado, quando as pessoas pesquisam por letras, vão utilizar o Google. O problema é que, por uma questão de conveniência, o Google mostra as letras diretamente nos resultados de pesquisa, não sendo necessário entrar em páginas.

Isso é conveniente para o utilizador, mas péssimo para o site. Principalmente se a fonte das letras for o Genius, que acaba por não receber tráfego. Ainda assim, o Genius precisa de construir um caso mais forte para atacar a Google com sucesso da próxima vez.

Editores 4gnews recomendam:

António Guimarães
António Guimarães
Juntamente com os seus atuais companheiros Mi A2 e Surface Go, batalha para elucidar as massas sobre todos os acontecimentos da esfera tecnológica. "Informação é poder" é a frase que o acompanha diariamente. Talvez um dia a coloque numa t-shirt.