Coronavirus inspira empresa a criar máscaras compatíveis com o Face ID do iPhone

Carlos Oliveira
Comentar

O recente surto de Coronavirus é uma ameaça cada vez mais global, o que fez com que muita gente começasse a usar máscaras como método de prevenção. No entanto, isso significa que os utilizadores do iPhone X e acima tenham de tirar a máscara sempre que queiram desbloquear o seu smartphone.

Para tentar resolver este incómodo, uma empresa decidiu desenvolver máscaras N95 compatíveis com o Face ID da Apple. Tudo para que seja possível desbloquear o teu iPhone sem teres de retirar a máscara de todas as vezes.

Well, someone figured out a solution to unlocking Face ID devices with masks on. https://t.co/ksbGVP2fcg

— Imran Hussain (@imhassan) 17 de fevereiro de 2020

Parte da tua cara será impressa na máscara

A empresa que desenvolveu este produto pede a todos que optem pelo mesmo para lhe enviar uma fotografia sua. Isto para que possa imprimir na máscara a parte inferior da nossa cara que ficará tapada.

Após o upload do seu rosto, usamos mapeamento computacional para converter os seus traços faciais numa imagem impressa na superfície das máscaras cirúrgicas N95, sem distorção. A nossa impressora usa tintas feitas de corantes naturais. Não é tóxico e não afeta a respirabilidade. Pode usar a sua máscara na vida quotidiana como uma barreira para gotículas de partículas no ar.

Sem entrar em grandes detalhes, a empresa afirma que as suas máscaras serão compatíveis com a tecnologia Face ID. Ainda não existe nada que nos comprove a veracidade destas afirmações.

Já por várias vezes vimos que não é fácil enganar o Face ID. Esta tecnologia faz um mapeamento 3D da nossa cara para a autenticação, ao passo que muitas soluções presentes no mundo Android usam apenas a câmara frontal do smartphone.

Cada exemplar custará 40 dólares

Este será o valor que terás de despender por cada exemplar deste tipo de máscaras. Naturalmente que estas máscaras supostamente compatíveis com o Face ID serão mais caras que as convencionais que podes comprar numa farmácia.

Ainda não existe uma data definida para que estas máscaras comecem a ser enviadas. A empresa afirma que tal não acontecerá enquanto houver escassez destes produtos pelo mundo.

Editores 4gnews recomendam:

Carlos Oliveira
Carlos Oliveira
Tendo já passado por várias casas, a 4gnews é aquela que me segura desde 2015. Com um desejo insaciável de me manter atualizado tecnologicamente, a partilha desse conhecimento é apenas o seguimento natural das coisas.