Condutor de um Tesla Model 3 apanhado a dormir ao volante na autoestrada (vídeo)

Filipe Alves
Comentar

Aconteceu em São Francisco na Califórnia. Mais precisamente na autoestrada de Bay Area. Um condutor de um Tesla Model 3 ia confortavelmente a dormir enquanto que o seu carro conduzia no trânsito.

Infelizmente esta situação não é nova e, por muito que a Tesla refira que é extremamente importante que o condutor preste atenção à estrada quando o automóvel está em piloto automático, muitos condutores continuam a ignorar a recomendação.

Outros condutores buzinavam para que o condutor do Tesla Model 3 acordasse

Quando deparados com a situação, outros condutores buzinavam o carro para que o condutor acordasse e prestasse atenção à estrada. Contudo, ao que parece, nada feito. O condutor acordava ligeiramente e voltava a dormir a sua sesta ao volante do seu Tesla.

O vídeo foi publicado na secção do Reddit "idiotsincars" (idiotas nos carros) e melhor definição é impossível. Ainda que os automóveis da Tesla tenham uma particularidade que poucos oferecem - piloto automático - escusado será dizer que tomar atenção à estrada continua a ser uma prioridade para os condutores. Mesmo tendo um carro da empresa de Elon Musk.

Ainda assim, este pode ser o nosso futuro!

Dormir tesla

Mesmo que este condutor seja pouco cuidadoso, este pode ser o nosso futuro. com a tecnologia a evoluir de uma forma estonteante e com o 5G a chegar de forma rápida, a condução autónoma é, provavelmente, o futuro.

O erro humano é uma das maiores causas de acidentes e mortalidade no mundo. Por muito que gostes de conduzir o teu carro, é muito provável que o futuro possa passar por entrares no automóvel e dormires a tua sesta até chegares ao destino. Mesmo assim, não aconselho a que o faças neste momento.

Editores 4gnews recomendam:

Comentar
Filipe Alves
Filipe Alves
Fundador do projeto 4gnews e desde cedo apaixonado pela tecnologia. A trabalhar na área desde 2009 com passagens pela MEO, Fnac e CarphoneWarehouse (UK). Foi aí que ganhou a experiência que necessitava para entender as necessidades tecnológicas dos utilizadores.