A Xiaomi é uma empresa ambiciosa e através do CEO Lei Jun ficamos a saber que, a sua pretensão ser o maior fabricante de smatphones do mundo num período entre 5 e 10 anos. Os números de 2014 foram fantásticos, mas ainda existe um longo caminho a percorrer para cumprir essa meta.

xiaomi-mi-note1_v2x4

A imprensa chinesa tem avançado que a estratégia da empresa vai continuar a ser atrair os utilizadores da Apple, basicamente, facilitando a migração a partir de um iPhone para um smartphone Xiaomi. A primeira dessas medidas é que o novo Mi Note e Mi Note Pro poderá funcionar com um sistema dual-SIM, micro-SIM e também com o nano-SIM, tudo para que os utilizadores de iPhone possam usar o seu cartão SIM nos novos phablets da Xiaomi sem nenhum problema.

   

xiaomi

Na rede social Weibo também tem circulado o rumor, de que a Xiaomi está a desenvolver uma aplicação para fornecer aos utilizadores do iPhone, uma sincronização dos seus contactos e transferência de dados a partir de um dispositivo móvel da Apple, para um terminal Xiaomi. Esta medida é perfeitamente credível porque, já outros fabricantes lançaram aplicações semelhantes.

Relacionado:Apple iPhone 6 é a nova paródia da Xiaomi 

iphone_xiaomi

Mas a mais desconcertante é a possível terceira solução pensada para atrair os utilizadores Apple. Segundo a imprensa chinesa, o director de desenvolvimento de negócios da Xiaomi, confirmou que vai lançar um plano de renovação de terminais, que permite aos donos de iPhone 5s (e provavelmente também para alguns modelos mais antigos) ao entregar esse terminal receba um Mi Note novo em folha. E quem entregar um iPhone 6 ou iPhone 6 Plus receberá de graça o flagship Xiaomi Mi Note Pro. Esta última medida é surpreendente e não deverá ser levada a sério até confirmação oficial. Segundo as fontes da Weibo e GizmoChina, esta poderá ser só uma parte da estratégia para atrair à Xiaomi novos utilizadores Apple.

Talvez queiras ver:

Diz o que tens em mente nos comentários abaixo. E que tal ajudares um projeto Português? Sabe mais

Queres ser nosso amigo? Segue-nos nos meios de comunicação.

Façam-nos crescer com a vossa participação, nas nossas publicações do site e redes sociais. Partilhem e comentem, ajudem a crescer a tecnologia falada em português e com este espírito de equipe.