10 carros elétricos com maior autonomia em 2020

Rui Bacelar

A autonomia de um carro elétrico é, a par do preço, um dos pontos mais importantes ao escolher um novo veículo. Por isso elaboramos esta lista de carros elétricos com maior autonomia, dos melhores aos mais baratos, disponíveis em Portugal.

O critério utilizado foi o ciclo WLTP (Worldwide harmonized Light vehicles Test Procedure). É o principal indicador a estar atento em 2020 para comparar consumos e autonomia das viaturas elétricas da Tesla e outras fabricantes.

1. Tesla Rodster é o carro elétrico com maior autonomia - 970 km

Autonomia (WLTP): 970 km
Potência: 1000 kW / 1360 cv
Aceleração (0/100 km/h): 2,1 s
Binário: 1200 Nm
Velocidade máxima: 410 km/h
Preço: 215 000 €

O carro elétrico com maior autonomia já pode ser encomendado em Portugal através do site da Tesla. Trata-se de um superdesportivo 100% elétrico cuja autonomia pode ascender aos 1000 km, um marco inédito.

A potência de carregamento vai dos 22 kW em corrente AC, até aos 250 kW em DC. Já o consumo do veículo elétrico oscila entre os 210 Wh/km, valores fornecidos pela fabricante, carecendo ainda de testes independentes.

Está longe de ser o carro elétrico mais barato, mas até ao momento é o veículo com melhor autonomia do setor.

2. Tesla Model S - 610 km

Model S
O Model S na versão Long Range entrega 610 km de autonomia em WLTP

Autonomia (WLTP): 610 km
Potência: 350 kW / 476 cv
Aceleração (0/100 km/h): 3,8 s
Binário: 750 Nm
Velocidade máxima: 250 km/h
Preço: 89 800 €

A berlina de 5 lugares da Tesla foi o primeiro veículo elétrico de produção normal após o Roadster. É também um dos mais antigos neste jovem mercado, sendo apresentado em 2012 e recebendo a mais recente atualização em 2019 com duas versões.

A versão Long Range deste veículo é capaz de proporcionar 610 km de autonomia. A potência de carregamento vai dos 16,5 kW em corrente AC, até aos 200 kW em DC, demorando entre 7 horas a 38 minutos consoante o ponto de carga.

O consumo energético é de 156 Wh/km para este carro com dois motores, tração integral e baterias com 95 kWh de capacidade.

3. Tesla Model 3 - 560 km

Tesla
A versão Long Range tem a melhor autonomia graças ao maior pack de baterias disponíveis

Autonomia (WLTP): 560 km
Potência: 258 kW / 351 cv
Aceleração (0/100 km/h): 4,6 s
Binário: 527 Nm
Velocidade máxima: 233 km/h
Preço: 59 600 €

O Model 3 é o veículo elétrico mais barato da Tesla disponível em Portugal. A autonomia da versão Long Range é o grande trunfo, entregando até 560 km em ciclo WLTP no modelo com o maior pack de baterias e 74 kWh de capacidade.

A potência de carregamento vai dos 11 kW em corrente AC, até aos 250 kW em DC, demorando entre 8 horas a 22 minutos consoante o ponto de carga. O consumo energético é de 156 Wh/km para este carro com dois motores é de 132 Wh/km.

A berlina de 5 lugares é relativamente compacta, sendo o carro elétrico mais barato da Tesla na versão base.

4. Tesla Model X - 507 km

tesla
O SUV elétrico é famoso pela classificação de segurança e autonomia na versão Long Range

Autonomia (WLTP): 507 km
Potência: 350 kW / 476 cv
Aceleração (0/100 km/h): 4,6 s
Binário: 750 Nm
Velocidade máxima: 250 km/h
Preço: 95 400 €

As "Falcon Doors" são o maior destaque do monovolume de sete lugares da Tesla. Trata-se de um veículo elétrico com autonomia para mais de 500 km em ciclo WLTP, com espaço para toda a família e um volume máximo de bagageira de 2492 litros.

Tem uma potência de carregamento de 16,5 kW em AC, demorando 7 horas a carregar. Já em corrente DC, a potência de carregamento chega aos 200 kW, demorando 38 minutos com o consumo a rondar os 187 Wh/km.

O Model X está equipado com baterias de 95 kWh de capacidade, líder em autonomia no segmento monovolume.

5. Jaguar I-Pace - 470 km

Jaguar
Em Portugal o I-Pace custa entre 81 738 e 96 173 € consoante a versão S, SE, ou HSE

Autonomia (WLTP): 470 km
Potência: 294 kW / 400 cv
Aceleração (0/100 km/h): 4,8 s
Binário: 696 Nm
Velocidade máxima: 200 km/h
Preço: 81 738 €

O primeiro SUV elétrico de alto desempenho a ser comercializado pela Jaguar em Portugal recebeu o prémio de veículo do ano em 2019 e insere-se de categoria 1 na Via Verde. Tem 5 lugares sentados e uma grande bagageira de 1163 litros.

As baterias de 85 kWh atingem uma potência de carregamento a 7,4 kW em AC, demorando 13:30 horas a carregar. Já em corrente DC a potência atingida é de 100 KW, demorando cerca de 45 minutos na carga, com um consumo de 220 Wh/km.

O interior do I-PACE destaca-se pela qualidade dos acabamentos e equipamentos neste carro elétrico.

6. Kia e-Niro - 455 km

Kia
A versão elétrica tem uma incrível autonomia para o seu segmento em Portugal

Autonomia (WLTP): 455 km
Potência: 150 kW / 204 cv
Aceleração (0/100 km/h): 7,8 s
Binário: 395 Nm
Velocidade máxima: 167 km/h
Preço: 45 500 €

O carro elétrico da KIA tem capacidade para 5 lugares e uma grande bagageira de 451 litros. Está equipado com baterias de 64 kWh de capacidade apresenta um consumo global de 159 Wh/km num veículo bem equipado e com acabamentos agradáveis.

A potência de carregamento de 7 kW em AC traduz-se em 10 horas e 30 minutos de carga em condições normais. Já em carregamento rápido na corrente DC, atinge uma potência máxima de 80 kW, carregando em cerca de 45 minutos.

Está disponível em Portugal com diferentes níveis de equipamentos com destaque também para a tecnologia.

7. Hyundai KAUAI EV - 449 km

Autonomia (WLTP): 449 km
Potência: 150 kW / 204 cv
Aceleração (0/100 km/h): 4,8 s
Binário: 395 Nm
Velocidade máxima: 167 km/h
Preço: 45 561 €

O KAUAI é o primeiro SUV 100% elétrico da Hyundai, estando também disponível em três outras motorizações. O carro de 5 lugares já passou pelas mãos da 4gnews onde tivemos oportunidade de conhecer a versão EV com baterias de 64 kWh.

Carregar as baterias em corrente AC demora até 10:30 horas, com uma potência de 7,2 kW, ao passo que em DC a potência chega aos 80 kW para uma carga em 45 min. Na sua categoria de SUV compacto, é o veículo elétrico com maior autonomia.

O KAUAI destaca-se pelo espaço interior, a grande consola central com ecrã de 10,25 polegadas neste carro elétrico.

8. Audi e-Tron 55 quattro - 417 km

Autonomia (WLTP): 417 km
Potência: 300 kW / 408 cv
Aceleração (0/100 km/h): 5,7 s
Binário: 664 Nm
Velocidade máxima: 200 km/h
Preço: 84 576 €

O SUV de grandes dimensões da Audi está disponível em Portugal com baterias de 84 kWh que o dotam de uma boa autonomia. O veículo preza sobretudo o conforto de condução, com espaço para a família e extremamente bem equipado tecnologicamente.

O e-Tron 55 quattro demora até 9 horas a carregar em corrente AC a 11 kW, ou em 30 minutos a DC e uma potência de carregamento até 150 kW. O SUV 100% elétrico pode ser conhecido em maior pormenor no tour feito pela 4gnews.

A Audi colocará no mercado uma versão mais barata, equipada com baterias de menor capacidade e autonomia.

9. Nissan Leaf - 385 km

Nissan
A mais recente versão do LEAF tem autonomia para até 385 km

Autonomia (WLTP): 385 km
Potência: 160 kW / 218 cv
Aceleração (0/100 km/h): 7,3 s
Binário: 340 Nm
Velocidade máxima: 157 km/h
Preço: 45 500 €

O familiar de 5 portas e 5 lugares da Nissan está agora equipado com baterias de 60 kWh de capacidade que lhe conferem uma promissora autonomia. A versão mais recente está disponível em Portugal, mais madura e abaixo dos 50 mil euros.

A carga da ateria pode demorar até 10 horas e 45 minutos a 7 kW de potência em corrente AC. Caso o carregamento seja feito em corrente DC, a potência vai até aos 100 kW, com a carga a ficar completa em cerca de 40 minutos.

O consumo do novo Leaf situa-se nos 156 Wh/km, destacando-se o espaço interno e conforto do carro elétrico.

10. Hyundai Ionyq - 378 km

Hyundai
A mais recente versão do veículo elétrico está a chegar a Portugal

Autonomia (WLTP): 378 km
Potência: 88 kW / 120 cv
Aceleração (0/100 km/h): 10 s
Binário: 295 Nm
Velocidade máxima: 165 km/h
Preço: 38 000 €

A mais recente versão do veículo elétrico está equipado com baterias de 38 kWh que lhe conferem uma autonomia digna de nota, sem tornar o preço demasiado oneroso. Aliás, este é o carro elétrico mais barato da Hyundai disponível em Portugal.

O carro de 5 lugares tem uma boa bagageira de 350 L (para o segmento), com espaço para a família e um novo centro de infotainment, coroado pelo ecrã de 10,25 polegadas. Está repleto de equipamentos e tem dois níveis de acabamentos.

À semelhança dos demais carros elétricos, também temos uma app para telemóveis Android e iOS, a blueLink.

A autonomia dos carros elétricos varia consoante 3 fatores

1. Temperatura. O desempenho, longevidade e eficiência das baterias varia consoante a temperatura exterior. Quanto menor for a temperatura, menor será a autonomia das baterias ao consumir mais energia para manter o habitáculo agradável.

2. Perfil de condução / regeneração. Os carros elétricos trazem, por normal, três perfis de condução, do modo mais desportivo ao mais económico e com alguns graus intermédios. Isto fará variar a potência entregue consoante o perfil selecionado.

3. Tipo de condução. Conduzir em cidade (com frio, tempo moderado, ou quente), será diferente de conduzir em auto-estrada. Isto terá um impacto direto na autonomia do veículo elétrico e na capacidade útil da bateria.

Estes são os principais fatores que podem aumentar, ou diminuir, a capacidade das baterias e consequentemente a autonomia dos carros elétricos. Algo que também pode variar consoante o estilo pessoal de condução, mais acelerada, ou moderada.

Aproveita também para conhecer os melhores carros elétricos atualmente disponíveis no mercado. Se és fã deste segmento automóvel descobre ainda os modelos mais vendidos em Portugal durante o último ano.

Rui Bacelar
Rui Bacelar
Na escrita e comunicação repousa o gosto, nas leis a formação. É na tecnologia que encontrou o seu expoente máximo e na 4gnews a plataforma ideal para a redação e produção de vídeo.