Cancelar contrato de operadoras será mais fácil! MEO, NOS, Vodafone e NOWO que se habituem

Filipe Alves
12 comentários

Terminar o contrato com uma operadora de telecomunicações não é tarefa simples! A MEO, NOS, Vodafone e NOWO têm estratégias para manter os clientes e estas estratégias, normalmente, demoram sempre algum tempo para ficar ativas. Ou seja, enquanto que o serviço não está desativo, os clientes continuam a pagar.

Porém, tudo pode estar prestes a mudar em abril de 2020 com a abertura de um portal na internet que dará a possibilidade aos clientes cancelarem o serviço de telecomunicações de forma mais simples.

MEO, NOS, Vodafone e NOWO, todas elas têm "linhas de retenção"

MEO, NOS, NOWO  Vodafone

As operadores chama-lhe "linhas de cancelamento", porém, são internamente conhecidas como "retenção". O seu trabalho é fazer com que o cliente abandone a ideia de cancelar o serviço.

Normalmente oferecem melhores preços ou melhores vantagens do que as outras operadoras. Contudo, com o novo portal, as coisas podem mudar.

O novo portal é da responsabilidade da Direção-Geral do Consumo e tem como objetivo facilitar o cancelamento dos contratos das operadoras. Com ou sem fidelização contratual.

Operadoras são a favor das mudanças

Ainda que não sejam conhecidos os pormenores desta nova plataforma, foi apontado que o portal chegará já em abril e que se estão a ultimar os detalhes com as operadoras. Operadoras estas que, por incrível que pareça, parecem de acordo com as mudanças.

Uma das situações que ainda não está resolvida é a portabilidade dos números de telefone. Ainda não se sabe como é que a portabilidade pode ser feita no portal de forma tão simples quanto o cancelamento.

Ainda falta saber também que é que ficará encarregue dos dados dos utilizadores na plataforma e de que forma é que os dados serão interligados.

Ou seja, é um projeto que ainda está em desenvolvimento, porém, que promete resolver um dos maiores problemas das operadoras neste momento.

Editores 4gnews recomendam:

Filipe Alves
Filipe Alves
Fundador do projeto 4gnews e desde cedo apaixonado pela tecnologia. A trabalhar na área desde 2009 com passagens pela MEO, Fnac e CarphoneWarehouse (UK). Foi aí que ganhou a experiência que necessitava para entender as necessidades tecnológicas dos utilizadores.