Apple iPhone 14 Max será uma miragem até ao final de 2022

Rui Bacelar
Comentar

A Apple já terá dado início aos primeiros testes de produção para a gama iPhone 14 a estrear em setembro próximo. Para além disso, as fugas de informação apontam o início da produção em massa dos novos telemóveis iOS para inícios de agosto de 2022.

As previsões dos analistas de mercado, porém, não nos trazem boas notícias, sobretudo para quem estiver interessado nos Apple iPhone 14 Pro Max, o modelo mais caro e de maiores dimensões. Ao que tudo indica, a capacidade de produção deste modelo estará a enfrentar diversos problemas que podem atrasar significativamente a sua chegada ao mercado em 2022.

Apple enfrenta problemas na linha de produção para os iPhone 14

Apple iPhone 14 Max

O mau prognóstico foi avançado primeiramente pela publicação Gizmodo, colhendo a opinião de alguns analistas de mercado com fontes próximas da linha de produção. Ao que tudo indica, os modelos de maiores dimensões para os iPhone de próxima geração serão particularmente difíceis de produzir na calendarização exigida pela Apple.

Recordamos que, à semelhança de 2021, também em 2022 teremos quatro modelos de iPhone. Porém, desta vez sem um modelo mini e com a introdução de um "Max" barato para quem procura um telefone de grandes dimensões com preço mais apelativo.

Assim sendo, teremos os modelos Apple iPhone 14, Apple iPhone 14 Max, Apple iPhone 14 Pro e, por fim, o Apple iPhone 14 Pro Max. Este é o entendimento da blogosfera, com vários rumores e algumas fugas de informação a sustentar esta tese.

Em 2022 teremos dois modelos de iPhone 14 com ecrã de grandes dimensões

Apple iPhone 14 Pro Max

Esta mesma previsão, pouco positiva, foi avançada recentemente pelo leaker Ross Young através do Twitter (apenas para os subscritores do perfil). Segundo esta fonte, o fornecimento de ecrãs e painéis necessários para os modelos de maior dimensão, em particular para o Apple iPhone 14 Pro Max está "bastante atrasado".

Face ao exposto o leaker aponta que este será um dos últimos telemóveis a ficar disponível após a chegada ao mercado. Note-se que, caso a Apple dê efetivamente início à produção em massa dos novos telefones em agosto, os modelos Max terão que esperar um pouco mais. Em causa estão as dificuldades de fornecimento dos componentes referidos supra em boas condições.

O Apple iPhone 14 Pro Max terá ecrã de 6,7 polegadas a 120 Hz ProMotion

Apple iPhone 14 Pro Max
Unidades de demonstração dos possíveis Apple iPhone 14.

O mais difícil de produzir será o mais caro dos próximos iPhone. Isto porque o ecrã utilizado será diferente dos demais modelos. Não só será maior, como também terá uma maior taxa de atualização da imagem a 120 Hz. Ou seja, um ecrã ProMotion com tecnologia LTPO AMOLED cuja taxa de atualização poderá variar entre o 1 Hz e os 120 Hz.

Por outro pado, o modelo mais barato, de maiores dimensões, o Apple iPhone 14 Max, terá um ecrã algo convencional com taxa de atualização a 60 Hz. Esta será possivelmente a maior diferença entre os ecrãs utilizados nos dois dispositivos.

Em suma, devido às dificuldades de produção dos ecrã exigidos pela gigante de Cupertino, o modelo iPhone 14 Pro Max deverá chegar tarde ao mercado. Será também aqui que teremos as melhores caraterísticas técnicas, mas face ao exposto, este não será um telemóvel fácil de comprar em 2022.

Leaked schematics show the purported design for the iPhone 14 Pro Max 👀📱(via @VNchocoTaco) pic.twitter.com/kIVblKJAeQ

— AppleTrack (@appltrack) 14 de julho de 2022

Editores 4gnews recomendam:

Rui Bacelar
Rui Bacelar
Na escrita e comunicação repousa o gosto, nas leis a formação. Ocupa-se com as novidades de tecnologia na 4gnews. Email: ruifbacelar@gmail.com