Android vs iOS: nunca tantos utilizadores migraram para a Apple

Rui Bacelar
Comentar

Há cada vez mais utilizadores a abandonar o sistema Android da Google, e a encontrar uma nova casa no iOS da Apple. Com efeito, o iPhone atrai mais e mais utilizadores, ainda que os preços dos telemóveis Apple se mantenham no segmento premium em 2022.

Estas foram algumas das conclusões apresentadas por Tim Cook, CEO da gigante de Cupertino durante a mais recente reunião fiscal do ano. Aí, o executivo norte-americano congratulou-se também do novo recorde de receitas granjeadas com 83 mil milhões de dólares, ou cerca de 81 mil milhões de euros durante os últimos três meses.

Tim Cook deu as boas-vindas aos novos utilizadores Apple vindos do Android

Apple iPHone

O aumento de 2% nas receitas trimestrais foi apenas ofuscado com a crescente vaga de utilizadores a migrar do Android para iOS. Tim Cook frisou que nunca antes tantos smartphones Android deram lugar aos seus iPhone no bolso dos utilizadores. O executivo refere "números gigantes de utilizadores Android a ingressar nas fileiras da Apple nos últimos meses".

O "iPhone acolheu milhões de novos utilizadores vindos do ecossistema Android no trimestre de junho". A tendência veio reforçar as receitas da Apple durante o último trimestre, para além de engrossar o número de utilizadores de iPhone. Note-se que estas métricas são baseadas nas ativações junto da App Store, bem como nos relatórios prévios da StockApp.

Google Pixel

Anteriormente observamos uma tendência similar quando esta agência StockApp, no início do ano, partilhou a sua análise de mercado, com uma mesma migração. Também aí, a entidade frisou a queda na popularidade da plataforma da Google que continua a perder utilizadores do Android para a plataforma da Apple.

Trimestre dourado para a gigante de Cupertino graças aos serviços e ao Apple iPhone

🙌🏻 The results are in! #RecordBreaking https://t.co/ncu7ph0AmV

— Brian OMalley (@brian_ome) 28 de julho de 2022

Todos os resultados e métricas podem ser consultados no mais recente relatório fiscal, publicado pela própria Apple. Mais concretamente, num espaço de quatro anos, a popularidade da plataforma da Google caiu de 77,32% para 69,74%.

Por outro lado, com o abrandamento do mercado de dispositivos móveis tivemos menos unidades, menos smartphones vendidos no último trimestre de 2022. Ainda assim, a Samsung retém o primeiro lugar, com a Apple em segundo lugar e, por fim, a Xiaomi, OPPO e Vivo nos terceiros, quartos e quintos lugares, respetivamente.

Em suma, já com a próxima geração de smartphones Apple iPhone 14 no horizonte, a empresa de Tim Cook tem sérios motivos para estar otimista. Há cada vez mais utilizadores a preferir o seu ecossistema e portefólio de produtos em detrimento das concorrentes.

Editores 4gnews recomendam:

Rui Bacelar
Rui Bacelar
Na escrita e comunicação repousa o gosto, nas leis a formação. Ocupa-se com as novidades de tecnologia na 4gnews. Email: ruifbacelar@gmail.com