Amazfit Band será a melhor alternativa à Xiaomi Mi Band 7

Rui Bacelar
Comentar

O universo de marcas e sub-marcas da Xiaomi é tão denso como dinâmico. Tome-se, por exemplo, a marca Zepp, outrora conhecida por Huami, responsável pelo desenvolvimento e produção das pulseiras de atividade da Xiaomi e da Amazfit. Aliás, tome-se também a Amazfit, outrora uma marca do ecossistema Xiaomi e atualmente independente desta.

Atualmente estas fabricantes são concorrentes no mercado dos wearables com a smartband da Amazfit, a Amazfit Band de 1.ª geração a chegar em meados de 2020. Agora, volvidos dois anos no mercado, a Amazfit Band 5 tem uma sucessora a caminho, provavelmente a Amazfit Band 7 (nome não confirmado), para competir com o novo lançamento da Xiaomi, a Mi Band 7.

Amazfit continuará a fazer concorrência às Mi Band da Xiaomi

Amazfit Band 5
A atual pulseira inteligente Amazfit Band 5.

A mais recente pulseira de atividade inteligente da Zepp foi lançada em 2020, então como alternativa à Xiaomi Mi Band 5. Foi então apelidada de versão "Pro" da Mi Band 5 ao ser muito idêntica a esta, mas com algumas melhorias consideráveis no seu interior.

Mais recentemente, contudo, a Xiaomi deu a conhecer a nova Xiaomi Mi Band 7 que deve chegar ao mercado português durante o verão. Entretanto, temos também a Mi Band 6 e até a Mi Band 5 ainda disponíveis em Portugal com diversos descontos aplicados.

Muito em breve, contudo, segundo o exclusivo da publicação Logger, relatado primeiramente pela equipa da Xiaomiui, teremos uma nova smartband Amazfit Zepp. Será, novamente, uma pulseira fitness para competir com o produto da antiga casa-mãe.

Alternativa à Xiaomi Mi Band 7 já foi certificada e não tardará a ser apresentada

Por outro lado, ao contrário da Amazfit Band original que surgiu como clone "reforçado" da Mi Band 5, a próxima pulseira da Amazfit pode trazer algumas diferenças face à Mi Band 7. Para além disso, chegará com os números de modelo A2177 (padrão) e A2283 (versão NFC).

Para a nova Amazfit Band (2022) contamos com um ecrã de resolução 194 x 368 pixeis. Terá também uma bateria de 232 mAh de capacidade, maior que ambas as Xiaomi Mi Band 7 (180 mAh) e que da Redmi Smart Band Pro (200 mAh).

A pulseira Amazfit utilizará o software Zepp OS, bem como a aplicação Zepp Life para se emparelhar e controlar através do smartphone. Terá também localização GPS integrada e proteção de desbloqueio com PIN.

Por fim, aguardamos agora pelo surgimento de mais detalhes sobre o produto como a sua data de apresentação e primeiros cartazes publicitários.

Editores 4gnews recomendam:

Rui Bacelar
Rui Bacelar
Na escrita e comunicação repousa o gosto, nas leis a formação. Ocupa-se com as novidades de tecnologia na 4gnews. Email: ruifbacelar@gmail.com