windows-10-mobile-10070

Atualmente, o Windows 10 Mobile está a ser alvo de desenvolvimento com a ajuda dos Windows Insiders através da instalação, por parte desses, nos seus smartphones Windows, das mais recentes versões do sistema operativo móvel desenvolvido pela Microsoft.
Este programa, o dos Insiders, irá fazer no próximo mês de fevereiro cerca de um ano e, aós tanto tempo, penso ser possível refletir sobre o que até então foi alcançado por parte da Microsoft que, quer se goste ou não, parece, ainda que de uma forma controversa, acreditar que pode fazer parte do mundo dos smartphones e rivalizar com o iOS e Android.

Android VS iOS VS Windows Mobile OS

   

Deste modo, irei aqui apresentar uma breve reflexão sobre aquilo com o qual me deparei todos os dias, durante 21 dias. Será uma reflexão imparcial e onde assinalarei os melhore e piores aspetos enfrentados usando, para o efeito, o Nokia Lumia 630 que, embora não seja, de longe, o mais potente dos smartphones, é sem dúvida, um que, no universo Windows Phone, muitos utilizadores possuem, pelo que as advertências que agora encontro, podem vir a ser semelhantes a muitos de vocês dado que é provável que tenham o mesmo dispositivo que eu utilizei.12584173_777295772400727_492261869_n

Por um lado, começo por destacar que, para um telemóvel com poucos recursos – apenas 512 MB de memória RAM -, o Lumia 630 tem uma boa capacidade de resposta quando utilizas as aplicações base do mesmo, ou seja, as chamadas e mensagens, e-mail ou calendário não conduzem a “retomando(s)” sem fim ou à necessidade de reiniciares o smarthpone.

Também a sua autonomia está firme e, mesmo que deixes o Wi-Fi ou dados-móveis ligados, não necessitarás de carregar a meio do dia e, dependendo da tua utilização, ele pode durar-te até dois dias sem problema.
wp printPor fim, e este é um aspeto que não vale só para o Lumia 630 mas para os dispositivos Windows 10 Mobile, ele está muito personalizável – pois agora podes mudar o fundo acompanhado da transparência das Live Tiles – e, acima de mais, parecido, em termos visuais, com o Windows 10 para PC, o que leva a que a sua utilização seja muito mais prática e simples.
De lembrar que o Multitasking evoluiu muito e que, embora não possas manter mais do que sete – um número pequeno – aplicações abertas ao mesmo tempo, ao transitares pelas mesmas, verás que tudo é muito rápido.

 

Por outro lado, tenho que dizer que, tudo que tenha a ver com a loja de aplicações irá, sem dúvida alguma, comprometer a tua satisfação na utilização do dispositivo. Não digo isto por causa de uma ou de outra aplicação que possa estar em falta pois isso depende de pessoa para pessoa, mas o que é comum a todos os utilizadores é que as aplicações disponíveis têm alguma ou nenhuma qualidade quando comparadas com as dos sistemas Android e iOS.

443154-windows-10

Assim, ao andar pelo Instagram, Facebook ou Messenger vejo-me obrigado a reiniciar o dispositivo vezes e vezes sem conta. Em segundo lugar, depois de ser utilizador de Windows Phone durante dois anos e nunca, passo a expressão, precisar de utilizar o smartphone com as duas mãos, combato contra o Windows Mobile e a implementação do Hamburger Menu que, ao contrário dos sistemas rivais, não te permite deslizar da lateral para o abrires.

Finalmente, um aspeto que não consigo perceber por parte da Microsoft na sua conduta que é, o porquê de, para quem aprecia, desenvolver um Windows 10 tão melhor que um Windows 8.1, quanto ao PC, e nos caso do Windows 10 Mobile vs Windows Phone 8.1, as mudanças se tratarem em 90%, de alterações estéticas, isto é, porque não atender às necessidades reais do sistema que são a utilidade do mesmo.

Exemplifico dizendo que, não entendo porque é que em 2016, se estiver a ver um vídeo (na horizontal) tenho de puxar a barra de notificações do local onde o faço quando o smartphone está na vertical e as mesmas, as notificações, estão dispostas como se o mesmo estivesse na vertical (como se pode observar na imagem).wp_ss_20160123_0001

Em suma, o Windows 10 Mobile tem, de facto bons aspetos onde pode vir a destacar-se no futuro mas, infelizmente, apresenta ainda lacunas graves que não podem ser ignoradas.

Talvez queiras ver:

Desde cedo comecei a interessar-me pelo que podia fazer no computador. Porém, a grande paixão surgiu com o primeiro telemóvel e complementou-se com os smartphones. Nada há a dizer, são simplesmente fantásticos e úteis em todo o tipo de situações.