YouTube vai apagar todos os vídeos de cheats para jogos em 2021

Rui Bacelar
Comentar

O YouTube, a plataforma de vídeos da Google, atualizou os seus Termos de Utilização em dezembro de 2021 com medidas mais musculadas para o combate e remoção a conteúdo pirata, descargas de jogos e outras temáticas inadequadas.

Perante este enquadramento de combate redobrado à pirataria online, a tecnológica promete ser implacável com vídeos de batota para jogos e conteúdo que explore falhas, ou lacunas que permitam o download e instalação de software. Vejamos o que muda.

As novas regras do YouTube para 2021

YouTube

Ao comparar os termos antigos com a mais recente versão, salta à vista a adição de "vídeos relacionados com cheats ou batotas para jogos". "Vídeos que instruam os espetadores em batotas ou roubo: mostrar como roubar bens tangíveis ou promover comportamentos desonestos.", passa agora a figurar na lista de conteúdo não tolerado no YouTube.

Esta adenda não é diretamente relacionada com a pirataria, mas tem encontrado respaldo em várias gigantes da indústria dos jogos que tomaram ações similares. A título de exemplo, tal como avança a TorrentFreak, a Epic Games, estúdio responsável pelo Fortnite também tem tomado várias ações legais contra conteúdo similar que se encontra no YouTube.

Assim, tanto a Google como a Epic Games estão em sintonia no combate às violações de direitos de autor. Um fenómeno que se faz sentir atualmente, sendo fácil encontrar vários exploits e cheats para o Fortnite, entre outros jogos na plataforma YouTube.

Vídeos "proibidos" sobre pirataria serão removidos da plataforma

As novidades foram comunicadas ao Parlamento do Reino Unido após a Google ter sido chamada a depor no âmbito do mercado online de música e streaming de conteúdos. Mais concretamente, o legislador britânico queria compreender melhor o papel da Google e da sua plataforma YouTube neste mercado que movimenta vários milhões anualmente.

Ao ser confrontada com a propagação de conteúdo pirata e lesante dos direitos de autor, a Google começou por relembrar a recente atualização aos seus termos de serviço. Aí, estão previstas medidas mais rápidas na remoção destes "vídeos proibidos".

A afirmação de força da Google vem, sobretudo, acalmar e acatar os interesses dos maiores investidores na sua plataforma. Agentes que pressionaram a tecnológica a mudar os seus termos de serviço para redobrar o combate à pirataria.

Remover todos os vídeos de pirataria em jogos, um objetivo hercúleo

Fortnite
Exemplo de "hack" para Fortnite disponível através do YouTube

A plataforma vem assim reconhecer a sua responsabilidade enquanto maior distribuidor de conteúdos de vídeo online. Sendo o maior portal de vídeos, é também aí onde facilmente encontramos cheats e hacks para Fortnite, CS:GO e vários outros jogos.

Por outras palavras, ao verem as suas fontes de receita a serem indevidamente exploradas, os acionistas da Google e do YouTube exigiram novas medidas. Agora, a plataforma de vídeo faz saber que combaterá a pirataria em todas as suas formas.

Para quem procura tutoriais de cheats para jogos populares, em 2021 será mais difícil encontrar esses guias. O mesmo pode ser dito quanto aos links e formas para fazer download de software e outros conteúdos ilegalmente distribuídos.

Por fim, podem consultar a carta enviada pelo YouTube ao parlamento britânico, em suporte PDF.

Editores 4gnews recomendam:

Rui Bacelar
Rui Bacelar
Na escrita e comunicação repousa o gosto, nas leis a formação. É na tecnologia que encontrou o seu expoente máximo e na 4gnews a plataforma ideal para a redação e produção de vídeo.