Xiaomi: smartphone gaming da Redmi esgota em segundos na pré-venda

Bruno Coelho
Comentar

Esta terça-feira ficamos finalmente a conhecer oficialmente o primeiro smartphone gaming da Redmi. Trata-se do Redmi K40 Gaming Edition, para já apenas lançado na China, com um preço verdadeiramente imbatível.

O equipamento chegou com características de topo ao mercado chinês, e um valor inicial de apenas 260 € na sua versão base de 6GB e 128GB. Agora, o MyDrivers noticia que as unidades disponíveis na pré-venda desta versão demoraram apenas alguns segundos a esgotar.

Recorde-se que o smartphone só chega em vendas gerais na China na próxima sexta-feira, 30 de abril. Mas a julgar pelo exemplo da pré-venda, tem tudo para ser um sucesso.

O novo Redmi K40 Gaming Edition

Foram vários utilizadores a manifestar-se na página do diretor-geral da Redmi, Lu Weibing, para a falta de disponibilidade do terminal. Este aconselhou-os a estar atentos a partir de sexta-feria.

Este smartphone chega equipado com o processador Dimensity 1200 da MediaTek, e é combinado com versões entre 6GB e 12GB de memória RAM. No armazenamento, existem versões entre 128GB e 256GB.

Dispõe de um painel AMOLED de 6,67” polegadas, com 120Hz de taxa de atualização e taxa de resposta ao toque de 480Hz. Conta ainda com bateria de 5065mAh com carregamento de 67W, e altifalantes estéreo afinados pela JBL.

Infelizmente ainda não existem pormenores de se este smartphone pode ser lançado a nível global. A julgar pelo histórico, pode fazer parte das fileiras da Xiaomi, ou mais provavelmente ser um dos próximos POCO. Seja lançado de uma forma de outra, seria muito interessante vê-lo a chegar aos mercados globais. Principalmente pela qualidade-preço que potencialmente oferece aos consumidores.

Editores 4gnews recomendam:

  • Xiaomi Redmi K40 Gaming Edition é oficial com preço incrível!
  • Xiaomi Mi Band 6: smartband está disponível para compra em Portugal
  • Spotify contra-ataca Apple e lança serviço de subscrição de podcasts
Bruno Coelho
Bruno Coelho
Vive entre a paixão pela escrita, a música e a tecnologia. Licenciou-se em Ciências da Comunicação na Universidade da Beira Interior em 2015, e fez parte da equipa que fundou o Jornal de Belmonte. Produziu vários podcasts independentes pelo caminho. Come especificações ao pequeno-almoço.