A fabricante chinesa tem apostado cada vez mais no departamento de pesquisa e desenvolvimento.

A 4ª maior Mi 8 segundo alguns rumores). Agora, temos novas informações sobre os planos da marca.

O novo terminal chegará em breve (provavelmente em Mi 6 seria apresentado em abril, estando já um pouco atrasado face à habitual calendarização da fabricante Android.

Vê ainda: Nokia X6 revela todas as suas características antes da apresentação

Esta demora terá sido provocada pelos atrasos no desenvolvimento da tecnologia de Mi MIX 2S para manter os fãs e consumidores atentos à marca.

Agora, começam a surgir alguns rumores e indícios de que a marca apresentará o topo de gama Android já no final deste mês. A sua chegada aos mercados ocorrerá escassas semanas após, nos primeiros dias de junho.

Xiaomi Mi 7 pode ser apresentado até ao final de maio

Desta forma teríamos um Xiaomi Mi 7 ainda durante a primeira metade do ano, contrariando os rumores que davam conta do seu atraso. Mais ainda, se estás à espera deste novo smartphone então gostarás certamente de saber que a Xiaomi já marcou um novo evento de apresentação. Terá lugar na capital da tecnologia na China, a cidade de Shenzhen e ocorrerá num futuro próximo. Infelizmente não foi avançado o dia exato para a celebração do evento apesar de os rumores anteriores sugerirem o dia 23 de maio.

A fabricante chinesa já marcou um novo evento. Espera-se que aí apresente o seu novo topo de gama Android.
O anúncio foi feito pela própria Xiaomi através da rede social chinesa, a Weibo. Aí, informaria os seus fãs e seguidores de que já tem um novo evento marcado para a apresentação de produtos. A cidade será a supra-citada Shenzhen.

Xiaomi Mi 7 chegará com o sistema Android Oreo da Google

Tendo em conta toda a informação que tem permeado várias publicações na internet, acreditamos que o Xiaomi Mi 7 seja mesmo o seu próximo lançamento. Para já, aguardamos a confirmação oficial.

Acreditamos também que o novo smartphone Android chegue acompanhado da nova Mi Band 3. A próxima geração de um dos mais populares produtos da empresa chinesa. Já relativamente ao smartphone em si, será um topo de gama com todos os quês e porquês.

Desde o processador Snapdragon 845 da Qualcomm, uma das melhores plataformas móveis da atualidade até à câmara dupla imbuída de inteligência artificial. Tudo isto com um preço que continuará extremamente competitivo.

Estaremos atentos a qualquer desenvolvimento em torno da Xiaomi.

Outros assuntos relevantes:

4 fotos que nos mostram o potencial fotográfico do OnePlus 6

iPhone – Apple venderá 220 milhões de dispositivos iOS até ao fim de 2019

d. Lenovo reforça o ecrã praticamente ”infinito” e sem notch

Via