Xiaomi desiste do desenvolvimento dos seus próprios processadores

Carlos Oliveira
Comentar

Foi em 2017 que vimos ser lançado o primeiro processador desenvolvido pela Xiaomi. De nome Surge S1, este era o motor do Xiaomi Mi 5c e prometia ser o primeiro de muitos da autoria da chinesa.

No entanto, este projeto terá sido abandonado pela Xiaomi. Segundo avançam fontes ligadas à indústria, a tecnológica chinesa abandonou o desenvolvimento de processadores para smartphones.

Isto não significa o desaparecimento do departamento de semicondutores da chinesa. O seu foco passará agora para chips Bluetooth e de Frequência de Rádio.

Custos associados terão demovido a Xiaomi

É sabido que o desenvolvimento e construção de um processador não é nada barato. Os custos associados a esta operação impedem a Xiaomi de manter o equilíbrio custo / benefício que tão bem caracterizam a empresa.

Confrontada com este cenário, a chinesa terá optado por desistir de desenvolver os seus próprios processadores. A aposta neste segmento poderia levar a empresa a ter de subir ainda mais os preços dos seus produtos para se manter viável financeiramente e isso não parece ser a sua intenção.

Posto isto, a Xiaomi continuará a apostar nos processadores da Qualcomm e da MediaTek. Na verdade, se esta tem sido uma aposta de sucesso para a chinesa, não vejo razão para mudar de estratégia.

Surge S2: o tão prometido SoC topo de gama que nunca surgirá

O Surge S1 é um processador de gama média de 2017, portanto, não é propriamente aquele chip que deveria revolucionar o mercado. Isso estava prometido para o seu primeiro SoC topo de gama, o alegado Surge S2.

Vários problemas terão complicado o seu processo de desenvolvimento, dificultando ainda mais a tarefa da Xiaomi de entrar num novo segmento. Com a notícia de hoje, nunca veremos esse processador chegar ao mercado.

Editores 4gnews recomendam:

  • Xiaomi é a 3ª maior fabricante do mundo! Huawei caiu para a 4ª posição
  • Xiaomi MIUI 12 poderá ser apresentada muito antes do esperado!
  • Cadeado da Xiaomi com sensor de impressões digitais está a um preço fantástico
Carlos Oliveira
Carlos Oliveira
Tendo já passado por várias casas, a 4gnews é aquela que me segura desde 2015. Com um desejo insaciável de me manter atualizado tecnologicamente, a partilha desse conhecimento é apenas o seguimento natural das coisas.