Xiaomi Black Shark 4 mostra ao Asus ROG 5 e Legion Duel 2 como se faz

Bruno Coelho
1 comentário

A durabilidade tem-se revelado inimiga dos smartphones gaming neste início de 2021. Recorde-se que o Lenovo Legion Phone Duel 2 não resistiram a alguma pressão na dobragem, tendo quebrado facilmente no já clássico teste do canal de YouTube JerryRigEverything.

O smartphone gaming a ir agora parar às temíveis mãos de Zach Nelson é agora o Black Shark 4. E no vídeo abaixo podes ver como o smartphone do universo Xiaomi se porta em termos de resistência.

Como vem sendo habitual nestes vídeos, o primeiro teste feito é ao ecrã. Tal como seria de esperar para um smartphone de qualidade em 2021, este recebe riscos apenas no nível 6, com marcas mais profundas a partir do nível 7 do teste.

O mais importante nestes vídeos é sempre a prova da dobragem. E ao contrário dos dois outros dois smartphones gaming, o Black Shark 4 acaba por resistir bastante bem, aguentando-se até final do vídeo sem quebrar.

Zach Nelson tenta dobrá-lo a partir de trás, e nota-se uma ligeira flexão no equipamento. Dobrando a partir da frente nota-se o mesmo. Em ambos os casos, nada que o coloque em xeque.

Como sempre, estes são vídeos que devem ser olhados como mais um barómetro na hora de escolher um novo equipamento. Mas sendo o smartphone gaming mais barato entre os três testados, o Black Shark 4 mostra-se também o mais resistente.

Especificações do Xiaomi Black Shark 4

  • Ecrã: AMOLED de 6,67″ polegadas com taxa de registo de toque de 720 Hz
  • Resolução: Full HD+ com taxa de atualização dinâmica de 144Hz
  • Processador Qualcomm Snapdragon 870
  • 6GB, 8GB ou 12GB de memória RAM
  • 128GB ou 256GB de memória interna UFS 3.1
  • Câmaras principais: 48 MP + 8 MP (grande angular) + 5MP (macro)
  • Câmara secundária: 20 MP
  • Bateria: 5500 mAh de capacidade
  • Carregamento rápido a 120W
  • Leitor de impressão digital lateral
  • Android 11 mascarado pela JOYUI 12.2

Especificações do Xiaomi Black Shark 4 Pro

  • Ecrã: AMOLED de 6,67″ polegadas com taxa de registo de toque de 720 Hz
  • Resolução: Full HD+ com taxa de atualização dinâmica de 144Hz
  • Processador Qualcomm Snapdragon 888
  • 8GB, 12GB ou 16GB de memória RAM
  • 256GB ou 512GB de memória interna UFS 3.1
  • Câmaras principais: 64 MP + 8 MP (grande angular) + 5MP (macro)
  • Câmara secundária: 20 MP
  • Bateria: 5500 mAh de capacidade
  • Carregamento rápido a 120W
  • Leitor de impressão digital lateral
  • Android 11 mascarado pela JOYUI 12.2

Editores 4gnews recomendam:

  • Xiaomi Mi 11 pode ter um sério problema. Vê antes de comprar
  • Xiaomi: confirmada a melhor característica do smartphone gaming da Redmi
  • Xiaomi Mi 11X e Mi 11X Pro são oficiais, mas não são o que esperas
Bruno Coelho
Bruno Coelho
Vive entre a paixão pela escrita, a música e a tecnologia. Licenciou-se em Ciências da Comunicação na Universidade da Beira Interior em 2015, e fez parte da equipa que fundou o Jornal de Belmonte. Produziu vários podcasts independentes pelo caminho. Come especificações ao pequeno-almoço.