Vodafone, MEO, NOS ou NOWO? Esta é melhor operadora com NET e TV!

Filipe Alves
7 comentários

Quando chega a hora de escolher uma operadora para casa temos, neste momento, 4 boas opções. Vodafone, MEO, NOS ou NOWO. Todas elas garantem que o seu serviço é melhor, porém, nem sempre é o caso.

Assim sendo, duas vezes por ano perguntamos aos nossos leitores qual, na opinião deles, é a melhor operadora para NET e TV. Os resultados desta sondagem são surpreendentes com a MEO a ganhar pela primeira vez à Vodafone. Temos de ter em conta que já fazemos isto quase há dois anos e a Vodafone sempre foi a escolhida.

MEO ultrapassa a Vodafone na escolha dos leitores 4gnews

Com 2033 (num total de 5935) votos a MEO foi a grande vencedora. A empresa da Altice tem melhora consideravelmente o seu serviço e mostra-se capaz de satisfazer os clientes.

MEO Vodafone NOS NOWO

Votações mediante os números de utilizadores

  • Vodafone - 1,848
  • MEO - 2,033
  • NOS -1,082
  • NOWO -972
  • Total - 5,935

Para ser mais concreto mediante as votações, estes foram os resultados. A Vodafone ficou-se pelos 1848 votos enquanto que a MEO dominou com 2033.

Vodafone, MEO, NOS, NOWO

NOWO está cada vez mais próxima da NOS

Quem não tem motivos para sorrir é a NOS. Mesmo com consideravelmente mais clientes do que a NOWO, a NOS ficou pouco mais de 100 votos à frente da NOWO.

Aqui podemos perceber que a NOWO está também a crescer na satisfação do cliente. É apenas uma pena que a operadora não tenha a mesma cobertura dos "3 grandes" a nível nacional. Algo que acredito que melhorará com o tempo.

Em suma, se estás a pensar mudar de operador ou escolher uma para casa, toma em conta estas votações. Quase 6 mil pessoas votaram a sua opinião e nada melhor do que ouvir a palavra dos consumidores face a dos operadores.

Editores 4gnews recomendam:

7 comentários
Filipe Alves
Filipe Alves
Fundador do projeto 4gnews e desde cedo apaixonado pela tecnologia. A trabalhar na área desde 2009 com passagens pela MEO, Fnac e CarphoneWarehouse (UK). Foi aí que ganhou a experiência que necessitava para entender as necessidades tecnológicas dos utilizadores.