Vídeo do polícia a parar um Tesla sem condutor era falso e encenado! (confirma o próprio polícia)

Filipe Alves
Comentar

Estamos em 2019, ou seja, temos de olhar para o mundo de forma atenta. O vídeo que deu que falar por um polícia ter parado um Tesla sem condutor ficou viral nas redes sociais por ser o primeiro do género.

Isto aconteceu quando o Youtuber "DragTimes" esta a testar a nova funcionalidade dos carros da Tesla "Smart Summon" que leva o carro sem condutor até perto de ti. Ao que parece um polícia terá visto o Tesla a não parar num sinal STOP e decidiu para o carro.

Polícia confirmou que o vídeo foi encenado

Depois do vídeo ter sido publicado, foram muitos os que não acreditaram que tal pudesse ser verdade. Pois bem, parece que esses tinham razão. O polícia confirmou que o vídeo foi encenado.

"O Youtuber esqueceu-se de desfocar a minha cara como tinha solicitado e, por algum motivo, apressou-se a lançar o vídeo para o ar." - disse o polícia quando questionado pelo InsideEVs.

Pode um carro sem condutor ser multado?

Tesla

O polícia referiu ainda que se tal acontecer na vida real e um Tesla estiver sem condutor e cometer uma ilegalidade o condutor é que será multado. Principalmente se este Tesla estiver sob as operações da funcionalidade "Smart Summon". Até porque, no final do dia, é o condutor que está a clicar no botão para chamar o veículo.

Polícia refere cuidados a ter com nova funcionalidade

Por fim, o polícia referiu ainda que os condutores devem ter um cuidado extra com a nova funcionalidade. Até porque, ao que lhe pareceu, o carro abrande de forma repentina e poderá causar um acidente aos mais distraídos que viajam atrás do Tesla. Mas lá está, isso é como tudo!

Terminou por dizer que "as leis de veículos autónomos são extremamente novas e a aplicação não tem sido proeminente, considerando que é tão nova. Ainda não encontramos veículos da Tesla (em modo autónomo) que viole as leis de trânsito. A partir de agora, as leis estabelecem que quem está a "operar"' o veículo é responsável por qualquer tipo de violação ou colisão."

Editores 4gnews recomendam:

Comentar
Filipe Alves
Filipe Alves
Fundador do projeto 4gnews e desde cedo apaixonado pela tecnologia. A trabalhar na área desde 2009 com passagens pela MEO, Fnac e CarphoneWarehouse (UK). Foi aí que ganhou a experiência que necessitava para entender as necessidades tecnológicas dos utilizadores.