Versão inicial do iOS 14 circula na internet há meses. Apple não está contente!

Carlos Oliveira
Comentar

É do conhecimento geral que a Apple só apresenta o seu novo software em junho, por ocasião da WWDC. Este ano não será diferente, com a apresentação oficial do iOS 14 a ocorrer no próximo dia 22 de junho.

No entanto, sabe-se agora que uma versão inicial do iOS 14 já circula pela internet desde fevereiro deste ano. Quem avança com este dado é a publicação Motherboard, que teve na sua posse uma cópia do software.

Ao que parece, esta versão do iOS 14 foi encontrada em dezembro passado, na China, instalada num iPhone 11. Os contornos desta descoberta não são claros, mas há quem ande no Twitter a promover esta compilação.

iPhone XR

Esta versão não nos forneceu pistas do que esperar do novo iOS 14

Segundo o que está a ser reportado, esta compilação inicial do iOS 14 tem passado por jornalistas, bloggers e outros desde fevereiro. A compilação em causa data de 10 de dezembro de 2019, por isso é natural que muita coisa já possa ter mudado.

Embora este software já tenha passado por muitas mãos, é curioso que as fugas de informação relacionadas com as novidades do iOS 14 não tem reportado esta compilação como fonte. Pode ser por medo de represálias ou então ninguém está verdadeiramente confiante que aquilo ela contém possa chegar na versão final.

Adicionalmente, uma empresa de segurança, afirma não estar confiante que este acesso prévio ao iOS 14 possa facilitar os processos de jailbreak que poderão ocorrer futuramente. Ainda assim, é possível que muitos dos que fazem estes processos já tenham tido contacto com o software.

Apple não estará nada agrada com esta enorme fuga de informação

A Apple é uma empresa que preza bastante o secretismo em torno dos seus projetos em desenvolvimento. Por isso, não é de estranhar que os seus responsáveis não estejam nada contentes com este acontecimento.

Segundo Will Strafach, que costumava fazer jailbreak e agora detém a app de segurança Guardian Firewall, a Apple está muito focada neste assunto. Todavia, há data da escrita deste artigo, a empresa americana ainda não comentou o assunto.

Convém relembrar que a Apple não costuma ser branda com aqueles que divulgam propositadamente informação privilegiada antes do tempo. Em casos do género, é habitual que a tecnológica procure retribuição junto dos que facilitaram a propagação da informação.

Um relato ainda mais extremo vem da San Francisco e de um homem que diz ter sido ameaçado por seguranças da Apple disfarçados de polícias daquela cidade. Em causa esteve a descoberta de um protótipo de um iPhone, em 2011, no chão de um bar da cidade americana.

Editores 4gnews recomendam:

Carlos Oliveira
Carlos Oliveira
Tendo já passado por várias casas, a 4gnews é aquela que me segura desde 2015. Com um desejo insaciável de me manter atualizado tecnologicamente, a partilha desse conhecimento é apenas o seguimento natural das coisas.