Uber vai começar a bloquear passageiros com pontuações baixas

António Guimarães
Comentar

O Uber vai passar a exigir bom comportamento por parte dos passageiros, com consequências. Atualmente, motoristas podem dar classificações aos seus passageiros mas não existe nenhuma consequência além de uma viagem pode ser recusada.

Começando nos Estados Unidos e Canadá, passageiros com uma pontuação abaixo da média da cidade podem ter as suas contas desativas. O Uber irá enviar notificações e dicas aos passageiros em questão para ajudá-los a subir as suas pontuações.

Caso o passageiro ignore as notificações e continue a exibir comportamentos problemáticos, a sua conta será desativa. É possível recuperá-la posteriormente contactando a Uber mas é um processo que pode ser evitado simplesmente sendo civil com o motorista.

No caso dos motoristas, pontuações abaixo dos 4.6 já os colocam em risco de desativação. A Uber não revelou a média ideal dos passageiros pois varia de cidade para cidade.

A Uber pretende incutir respeito e responsabilidade nos passageiros

Da mesma forma que nós classificamos o comportamento e atitude do motorista, faz sentido que eles também nos possa avaliar. Mais importante, que a avaliação do passageiro tenha um impacto real.

Nas inúmeras viagens que fiz de Uber, ouvi várias histórias dos motoristas. Desde passageiros bêbedos a vomitarem nos assentos a casais a discutir aos altos berros, o respeito tem que ser mútuo nestas situações.

A chefe do departamento de segurança da Uber, Kate Parker, afirma que este é um passo correto e necessário na evolução do serviço. Além disso, Parker diz que esta alteração só deverá afetar um pequeno número de utilizadores.

Comentar
António Guimarães
António Guimarães
Juntamente com os seus atuais companheiros Mi A2 e Surface Go, batalha para elucidar as massas sobre todos os acontecimentos da esfera tecnológica. "Informação é poder" é a frase que o acompanha diariamente. Talvez um dia a coloque numa t-shirt.