Twitter admite mostrar mais anúncios a contas com menos seguidores

Bruno Coelho
Comentar

A notícia foi avançada primeiramente pela CNBC, mas uma fonte do Twitter admitiu ao The Verge que no passado mostrava mais anúncios a utilizadores com menos seguidores. O objetivo era cativar os utilizadores mais populares a manterem-se na plataforma.

Oferecendo-lhes uma plataforma mais limpa, com menos anúncios, o Twitter privilegiava os utilizadores mais populares. “Historicamente, utilizadores com um maior número de seguidores têm visto menos anúncios, disse um porta-voz do Twitter ao The Verge.

Abordagem já foi alterada, para nivelar a plataforma

“Recentemente mudamos a nossa abordagem para mostrar anúncios a todos os que usam o Twitter. Como resultado, alguns notarão um aumento no número de anúncios que verão”, referiu o porta-voz do Twitter.

Isto significa que os utilizadores mais populares já estão, neste momento, a ver mais anúncios do que antes na plataforma. O objetivo do Twitter é mesmo colocar todos ao mesmo nível, ou pelo menos lá perto.

Se tal como eu usas o Twitter, sabes que a rede social tem cada vez mais anúncios. Não interessa se és um utilizador popular ou não. Simplesmente o caminho traçado pelas redes sociais atingiu o Twitter, e o spam de anúncios é bastante visível.

Este tipo de privilégio era algo que o utilizador comum não tinha noção. Os utilizadores populares sentiam-se bastante à vontade por basicamente não verem publicidade, mas entram agora para o lado da plebe que vê anúncios a qualquer swipe.

Editores 4gnews recomendam:

Comentar
Bruno Coelho
Bruno Coelho
O Nokia 3650 foi o primeiro grande mergulho no mundo tecnológico. Se o Ultimate Team é o seu atual saco de boxe, o Macbook Pro é o melhor amigo. Escrever sobre tecnologia é o processo natural na vida de alguém que come especificações ao pequeno-almoço.