Sistema operativo da Huawei será bem mais rápido que o Android

Carlos Oliveira
2 comentários

De acordo com o que avança a publicação Global Times, o HongMeng OS ou Ark OS da Huawei será 60% mais rápido que o Android. Estes números serão resultado dos primeiros testes realizados ao sistema operativo da chinesa, segundo fontes de uma das maiores operadoras da China.

Estes números são impressionantes, no caso de serem efetivamente verdade. Criar uma alternativa ao Android, por sí só, não é fácil. Mas desenvolver algo que nos entregue este aumento de performance é ainda mais de louvar.

Huawei estará a trabalhar de perto com Xiaomi, Oppo e outras para testar o HongMeng OS

As mesmas fontes referem ainda que o HongMeng OS estará a ser testado por algumas concorrentes diretas da Huawei. A Xiaomi, Vivo e Oppo são algumas das empresas envolvidas neste processo.

Esta terá sido uma das formas encontradas pela Huawei para acelerar o desenvolvimento do seu sistema operativo. Na eminência de perder o acesso ao Android. a chinesa viu-se obrigada a conceber uma alternativa para o sistema operativo da Google.

HongMeng OS poderá chegar já em outubro

As recentes informações dão-nos conta de que o HongMeng OS poderá chegar ao mercado já em outubro. Provavelmente será um exclusivo temporário da China e equipará equipamentos de gama baixa. Será uma espécie de teste.

No caso de as coisas correr bem, então também os restantes mercados mundiais deverão começar a ter acesso a este software. Fazer os utilizadores esquecer o Android não será tarefa fácil, mas a Huawei está decidida a inverter essa crença.

Sem aplicações será muito difícil roubar utilizadores ao Android. Nesse sentido, já foi referido que o HongMeng OS será compatível com todas as aplicações Android. Outro passo a dar é convencer os programadores a trazerem as suas aplicações para a loja de apps da chinesa (AppGallery). Verem,os até que ponto estes esforços serão recompensados.

2 comentários
Carlos Oliveira
Carlos Oliveira
Tendo já passado por várias casas, a 4gnews é aquela que me segura desde 2015. Com um desejo insaciável de me manter atualizado tecnologicamente, a partilha desse conhecimento é apenas o seguimento natural das coisas.