Samsung pode comprar à LG algo muito desejado nas suas Smart TVs

Bruno Coelho
Comentar

De acordo com a ET News ou o Seoul Economic Daily, a Samsung Electronics estará perto de comprar milhões de painéis OLED para televisores à LG Display. Algo que seria um negócio histórico.

Samsung estará prestes a adquirir painéis OLED à LG

Segundo o que é avançado, o alegado acordo vai proporcionar à Samsung receber 1 milhão de painéis OLED na segunda metade deste ano. No próximo ano, a previsão é de que os números possam subir até aos 4 milhões.

Se estás familiarizado com a indústria de televisores, sabes que esta seria a primeira vez que a Samsung compraria painéis OLED à LG. Estes têm sido consistentemente vistos como os melhores painéis de uma indústria onde a LG é líder de mercado.

São várias as marcas a utilizar painéis OLED nos seus televisores. Falamos de marcas de renome como a Sony, e também a Hisense ou a Vizio. Todas estas têm como fornecedor e a LG Electronics.

Recorde-se que, à data, as Smart TVs da Samsung contam geralmente com painéis LCD e tecnologia Quantum Dot em modelos mais caros. Segundo o The Elec, a fabricante sul-coreana terá em vista juntar esta tecnologia de Quantum Dot a painéis OLED. Recorde-se que no final de 2020 a Samsung apresentou ainda a suas primeiras Smart TVs com painel microLED.

Esta seria uma boa notícia para quem gosta das Smart TVs da Samsung, mas deseja adquirir um modelo com painel OLED. Resta agora saber se os rumores se vão confirmar nas próximas semanas.

A notícia surge numa semana em que a LG anunciou a saída definitiva da marca do mercado de smartphones.

Editores 4gnews recomendam:

  • Xiaomi Mi Pad 5 está cada vez mais perto: vê as provas
  • Google reage aos rumores e anuncia oficialmente o Pixel 5a 5G
  • iPhone é mais popular que nunca entre adolescentes nos Estados Unidos
Bruno Coelho
Bruno Coelho
Vive entre a paixão pela escrita, a música e a tecnologia. Licenciou-se em Ciências da Comunicação na Universidade da Beira Interior em 2015, e fez parte da equipa que fundou o Jornal de Belmonte. Produziu vários podcasts independentes pelo caminho. Come especificações ao pequeno-almoço.