Samsung Galaxy S10 deverá abdicar do sistema ''Intelligent Scan"

Rui Bacelar

Samsung Galaxy S10 Android Oreo Samsung Galaxy S9 ARCore Google AndroidO sistema de leitura, reconhecimento e autenticação do utilizador através do scan de íris foi introduzido com o Samsung Galaxy Note 7. Dispositivo que, tal como bem sabemos, não teve o mais feliz dos fins em 2016. Agora, em 2018 os Samsung Galaxy S10 já não devem utilizar este método para desbloqueio dos próximos smartphones Android.

Segundo a opinião de fontes sul-coreanas próximas da indústria, o sistema "Intelligent Scan" estará prestes a chegar ao fim. O relatório é avançado pela publicação TheBell, fonte coreana, sendo citado pela imprensa internacional.

Vê ainda: Instagram – IGTV vem celebrar o marco do milhar de milhão de utilizadores

Com o advento do Samsung Galaxy S10 poderemos assistir ao fim do "Intelligent Scan", um sistema 2 em 1 utilizado até à data. Sistema que conjuga o reconhecimento facial 2D com o leitor de íris (scanner) para providenciar um sistema rápido e relativamente seguro.

Note-se que até ao momento o Xiaomi Mi 8 Explorer Edition é o único smartphone Android com o reconhecimento facial 3D. O único com um sistema de desbloqueio cuja segurança é comparável ao FaceID da Apple, introduzido em setembro último com o iPhone X.

Samsung Galaxy S10 deverá chegar no 1º trimestre de 2019

Ainda assim, segundo as fontes coreanas o Samsung Galaxy S10 também não apostará no reconhecimento facial 3D. Em vez disso trará um leitor de impressões digitais / sensor biométrico embutido no ecrã. Será o primeiro smartphone Android da Samsung a trazer este novo sensor para o mercado global de smartphones. Note-se ainda que neste momento as fontes próximas da indústria não acreditam que o Galaxy Note 9 já traga esta tecnologia. Neste momento ainda não existe consenso.Samsung Galaxy S10 Android Mais ainda, segundo as mesmas fontes a Samsung não desistiu da "corrida" pelo reconhecimento facial 3D. Segundo consta a fabricante Android também está a tentar diminuir o tamanho ocupado pelos sensores. Por todos os componentes necessários para o correto funcionamento deste sistema com provas dadas.

Será a próxima geração de flagships Android

Caso a empresa consiga implementar uma ou ambas as soluções no Samsung Galaxy S10 isto tornaria o atual "Intelligent Scan" obsoleto. Até lá, a tecnológica continuará a tentar tirar o máximo proveito da câmara frontal, isto no sentido de diminuir o seu impacto e tamanho no painel frontal.

Ainda assim, neste momento temos que encarar a possibilidade de a Samsung não conseguir implementar a tempo estas tecnologias. Seja o leitor de impressões digitais embutido no ecrã ou o reconhecimento facial 3D.

Em última análise, é correto afirmar que a fabricante Android quer implementar pelo menos um destas soluções. Todavia, não podemos dar como defunto o atual sistema "Intelligent Scan". Pelo menos para já...

Samsung Galaxy S10 chegará em dois formatos

Note-se ainda que a Samsung terá encomendado dois tamanhos de ecrã para os seus Samsung Galaxy S10. A saber, teremos 5.8 polegadas no smartphone mais compacto e 6.3 polegadas de diagonal no topo de gama Android de maiores dimensões.

Em suma, para os Galaxy S10 a fabricante Android manterá o tamanho. Manterá as dimensões gerais dos seus atuais topos de gama. Ainda assim, caso a empresa consiga reduzir as margens para acomodar um ecrã com as mesmas dimensões, todo o formato do smartphone poderá estar mais compacto.

Espera-se que os novos flagships Android desta empresa sejam apresentados durante o primeiro trimestre de 2019. Até lá certamente teremos muitas novidades sobre ambos os dispositivos.

Assuntos relevantes na 4gnews:

Qualcomm Snapdragon 1000 poderá integrar Microsoft Surface Phone

Samsung Galaxy S9 e S9+ recebem nova atualização de segurança

Netflix – 44% dos utilizadores usam conta de terceiro sem consentimento desse

Fonte | via

Rui Bacelar
Rui Bacelar
Na escrita e comunicação repousa o gosto, nas leis a formação. É na tecnologia que encontrou o seu expoente máximo e na 4gnews a plataforma ideal para a redação e produção de vídeo.