Samsung, Apple e Xiaomi, ninguém escapa à recessão no mercado aponta a Canalys

Rui Bacelar
Comentar

O mercado global de smartphones sofreu uma quebra acentuada de 9% no volume de vendas durante o segundo trimestre de 2022. De acordo com os mais recentes dados da agência de análise Canalys, a quantidade de unidades vendidas caiu bastante quando comparada com o período homólogo de 2021. Mantém-se, contudo, o domínio da Samsung, Apple e Xiaomi em 2022.

Um total de 287 milhões de unidades de smartphones foram vendidas até ao final de junho de 2022. Em primeiro lugar temos a Samsung com 61,8 milhões de smartphones vendidos w 21% de quota de mercado. Em segundo lugar a Apple com 49,5 milhões de unidades e 17% do mercado. Logo em terceiro lugar a Xiaomi com 39,6 milhões de equipamentos vendidos.

Canalys aponta uma quebra de 9% nas vendas durante o 2.º trimestre de 2022

Canalys
A evolução do mercado global de smartphones. Crédito: Canalys

Imediatamente em seguida, no quarto lugar, temos a OPPO que segurou o quarto lugar, ao passo que a Vivo ocupa agora o quinto lugar no mercado global de smartphones. Ou seja, apesar de não se ter verificado uma alteração no Top 5 global, o volume de unidades vendidas foi significativamente menor face aos valores de vendas do ano passado.

A fabricante que mais perdeu em volume de vendas foi a líder de mercado, Samsung. Com efeito, a gigante sul-coreana registaria uma quebra de 16% nas vendas durante o período em análise face ao trimestre anterior. Todavia, a mesma Samsung registou um aumento de 6% no volume de vendas quando comparado com o período homólogo, o 2.º trimestre de 2022.

Samsung permanece líder de mercado em 2022

Os motivos para tal prendem-se com as dificuldades de manutenção dos stocks, sobretudo no segmento de gama média. Aí, a fabricante continua a promover a sua gama Galaxy A de forma mais agressiva para fomentar as vendas dos seus telemóveis mais acessíveis. Não obstante, a gama Galaxy S22 também registou boas vendas no mercado global.

New report from @Canalys published on Candefero - Global smartphone shipments down 9% in Q2 2022 as demand falls, How did the worldwide smartphone market perform in Q2 2022? https://t.co/nOBWs2DOwi

— Canalys (@Canalys) 29 de julho de 2022

A Apple permanece em segundo lugar, confortavelmente, graças à forte procura pelos seus iPhone 13 sobretudo na América do Norte, China e Europa.

Apple em segundo lugar, seguida pela Xiaomi, OPPO e Vivo

Em seguida, temos as várias fabricantes chinesas como a Xiaomi, OPPO e Vivo a fechar o Top 5. Entre si sentiram o impacto das quarentenas forçadas no mercado doméstico e outras restrições à circulação de pessoas e mercadorias na China. Por exemplo, a OPPO baixou a sua quota de mercado de 11% para 10%. Já a Vivo baixou de 10% para 9% no mesmo período.

Atentando na Xiaomi, a quebra foi mais acentuada, baixando de 17% de quota de mercado para 14%. Ou seja, perdeu 3 pontos percentuais durante o período em análise.

Por fim, resta agora saber como será o comportamento de mercado durante o 3.º trimestre do ano, período compreendido entre o início de julho e o fim de setembro de 2022.

Editores 4gnews recomendam:

Rui Bacelar
Rui Bacelar
Na escrita e comunicação repousa o gosto, nas leis a formação. Ocupa-se com as novidades de tecnologia na 4gnews. Email: ruifbacelar@gmail.com