Patente da Huawei mostra os smartphones que todos queremos ver

Filipe Alves
Comentar

A Huawei registou duas patentes de dois equipamentos que vão dar que falar. Ao olhar para as patentes, percebemos facilmente que um pertence à linha "P" e outro à linha "Mate".

Mas o mais fascinante destas patentes não são as linhas dos equipamentos, até porque não nos mostra nada de novo. O mais relevante é a ausência de câmara frontal no ecrã do smartphone.

Eis a patente de um dos smartphones da Huawei

smartphones Huawei patente câmara dentro do ecrã
Patente do smartphone Huawei. Crédito: Let's Go digital

Como podemos ver, este equipamento não foge muito à linha "P" que temos no mercado. Um smartphone com câmaras no canto traseiro e com uma lente periscópio.

Contudo, o mais relevante, como referi, está na ausência de notch ou buraco no ecrã. Lembro que as patentes referem quando o equipamento conta com uma câmara pop-up ou então um buraco no ecrã. Neste caso, não vemos nenhuma das duas.

Patente do alegado Mate

smartphones Huawei patente câmara dentro do ecrã
Patente do smartphone Huawei. Crédito: Let's Go digital

Este modelo será certamente o seu modelo "Mate". Isto porque a linha Mate é simétrica. Ou seja, o que tens do lado esquerdo do smartphone, também terás do lado direito. Daí termos uma câmara traseira no centro.

Tal como a imagem acima, continuamos a não ver o orifício ou pop-up para a câmara frontal. Ou seja, mais suspeitas nos dão para acreditarmos que se trata de uma câmara dentro do ecrã,

Quando teremos esta tecnologia nos smartphones

São muitas as marcas a trabalhar na tecnologia de uma câmara dentro do ecrã. A maior dificuldade está em dar uma qualidade fotográfica idêntica às que temos neste momento.

Se tudo correr como é esperado, espera-se que terminais com esta tecnologia cheguem ao mercado ainda este ano. O mais tardar em 2021. Uma coisa é certa, mudarão significativamente a ideologia dos smartphones.

Editores 4gnews recomendam:

Filipe Alves
Filipe Alves
Fundador do projeto 4gnews e desde cedo apaixonado pela tecnologia. A trabalhar na área desde 2009 com passagens pela MEO, Fnac e CarphoneWarehouse (UK). Foi aí que ganhou a experiência que necessitava para entender as necessidades tecnológicas dos utilizadores.