Galaxy S7 4

Confesso. Gosto de ver os equipamentos a ser desmontados. Sempre gostei, desde pequeno que fazia o mesmo com todos os brinquedos que tivessem alguma espécie de motor. A curiosidade impelia-me a tal e acreditava piamente que os conseguiria voltar a montar. Bem, escusado será dize que acabava sempre com poucos carrinhos, relógios e afins mas pelo menos nunca faltaram peças, parafusos e engrenagens espalhadas cá por casa.

Desde então já só monto e desmonto as peças de Legos (e o ocasional puzzle do IKEA a que chamam móveis), deixo o resto para os técnicos e engenheiros. Não porque a minha curiosidade tenha diminuído mas porque bem, não convém desfazer os equipamentos, caros ou baratos, que por cá andam.

   

Um nome sonante, no que toca a reparações e ao belo desmontar de smartphones é a iFixit. Este grupo de técnicos norte-americanos não resiste a inspecionar todos os novos telemóveis, smartphones, tablets, gadgets, PC’s, Mac’s e afins. Pois bem, hoje  deparei-me com um artigo bem curioso (via), a listagem dos 7 smartphones mais difíceis de reparar.

7- LG G5

O LG G5 é o novo smartphone topo de gama desta construtora sul-coreana e a sua nova abordagem modular provou ser um alívio para todos os técnicos de reparação. Com efeito, a sua desmontagem é extremamente fácil, sem grandes colas e adesivos, com poucos parafusos e de muito fácil manutenção.

Em suma, apesar da controvérsia em torno dos seus materiais de construção, uma coisa é certa. O LG G5 é o equipamento mais fácil de reparar que já passou pelas mãos da iFixit.

LG G5 1

6- LG Nexus 5X

Ora, temos aqui outro smartphone da LG? Pelos vistos o LG Nexus 5X também é muito fácil de reparar, ficando abaixo do LG G5 mas por pouco. Com efeito, continua a ser fácil reparar este LG Nexus 5X, seja para trocar algum componente ou simplesmente porque sim.

O único ponto negativo do LG Nexus 5X é o facto do seu ecrã LCD estar unido ao vidro protetor, portanto, se partires o vidro terás que mudar também o LCD, o que te sairá bem mais caro.iFixit1

5- Apple iPhone 6s Plus e iPhone 6s

Desmontar os iPhone’s 6s Plus e iPhone 6s é uma tarefa relativamente fácil. Não será grande desafio mudar algum dos seus componentes e o seu interior está bem “arrumado” com todos os componentes bem acomodados e acessíveis.

Em boa verdade, a parte mais difícil é arranjar as chaves compatíveis com os parafusos utilizados pela Apple. Tirando isso, está tudo bem à mão.

 

iFixit5

4- Apple iPhone SE

O mais recente membro da família Apple iPhone é uma autêntica viagem ao passado, pelo menos quanto ao aspecto do equipamento. Já o seu interior continua a ser bem acessível, bastante arrumado e cujos componentes são fáceis de identificar.

Contudo, a sua bateria é bastante difícil de substituir, mesmo por mãos treinadas e claro, os parafusos utilizados pela Apple complicam sempre um pouco a tarefa de desmontagem.iFixit6

3- Samsung Galaxy S7 edge

O novo Samsung Galaxy S7 edge é, muito provavelmente, o melhor phablet Android que poderás encontrar no mercado. Contudo, graças à sua construção extremamente sólida, em vidro e metal, abrir esta “sandwich” não é tarefa nada, nada fácil.

Em primeiro lugar temos um grande risco de quebrar o vidro traseiro ou frontal ao tentar descolar os painéis para tentar espreitar para o seu interior. Em segundo lugar, ao tentar trocar a porta USB (um dos componentes que mais frequentemente avaria  devido ao desgaste), tens um sério risco de estalar o display e o vidro que o protege. Por último, caso partas alguns dos painéis em vidro deste equipamento, a sua substituição é bastante melindrosa e exige uma mão muito treinada e cuidadosa.

A seu favor temos os componentes bem organizados no seu interior, a sua organização modular facilita um pouco as coisas. Contudo, as várias fitas adesivas e colas que seguram tudo no sítio, dificultam um pouco mais este processo.
iFixit4

2- Samsung Galaxy S7

Tal como o seu irmão maior, o Galaxy S7 é virtualmente impossível de reparar em casa e mesmo num centro técnico não será tarefa fácil para o responsável pela reparação. Temos aqui os mesmos desafios, com componentes mais pequenos.iFixit

1- Huawei Nexus 6P

O Huawei Nexus 6P é um dos meus equipamentos favoritos mas será um autêntico pesadelo para qualquer técnico de reparação. O novo phablet da Google, construído pela Huawei, tem uma sólida construção em metal. Um envelope perfeito, com o vidro no painel frontal e na saliência traseira da câmara.

A seu favor, assim que se descole o painel traseiro, a bateria do Huawei Nexus 6P fica logo à vista e será de substituição fácil. Contudo, para o abrir, correrás um sério risco de quebrar o painel frontal e o ecrã que assenta logo por baixo.
iFixit3

Além disso, caso precises de trocar o ecrã, seja o vidro ou o LCD, terás que desmontar todos os componentes, todos aqueles pedaços de hardware que fazem o Huawei Nexus 6P funcionar. Esta tarefa será bastante melindrosa devido à grande quantidade de adesivos, fitas e colas que seguram todos os componentes. Em suma, sê bem cuidadoso com o teu Huawei Nexus 6P.

Talvez queiras ver:

ViaPhonearena
FonteiFixit
Quando não está a escrever um artigo ou a gravar algum vídeo, o Bacelar tem por hábito saborear um bom livro, descobrir novas bandas sonoras ou simplesmente desfrutar do sol, na companhia de quem mais gosta (MM).