Oficial: serviços Google voltam a estar presentes nos smartphones Honor

Rui Bacelar
Comentar

A Google Play Store, YouTube, Gmail, Google Fotos, Maps e demais serviços Google voltam a estar disponíveis para a outrora sub-marca da Huawei. A Honor, com efeito, recupera o acesso a estes serviços, já presentes na próxima gama Honor 50 e Honor Magic.

Este importante desenvolvimento foi revelado pela Honor, dando também a saber que usará o processador "mais premium da Qualcomm" para o seu próximo smartphone da linha Honor Magic. Será, portanto, o SoC topo de gama Snapdragon 888.

Honor volta a contar com os serviços Google

Honor 50 serviços Google

A desvinculação da Honor da casa-mãe Huawei trouxe, volvidos vários meses, o fator sine qua non para a esmagador maioria dos utilizadores de smartphones, o acesso aos serviços Google. Enquanto isso, a Huawei continuará sem o acesso aos mesmos.

Esta é uma das melhores notícias avançadas pela fabricante desde que adquiriu a sua independência e, poderá agora, volta a conquistar o seu espaço nos mercados globais. Reiteremos aqui a importância e conveniência dos serviços Google, ou G Services.

O anúncio surgiu no seguimento da apresentação da parceria entre a fabricante e a Qualcomm, gigante norte-americana responsável pelos chips Snapdragon. Assim, não só a Honor se liberta dos chips Kirin, da Huawei, como volta a contar com os serivços Google.

Em breve teremos os novos Honor Magic e Honor 50 com chips Qualcomm

Honor 50

Segundo a própria fabricante chinesa teremos novos produtos para renovar a linha Honor Magic - o topo de gama ou flagship - bem como a nova série Honor 50 - de gama média alta e possivelmente com um modelo "Pro" também de gama alta.

Em primeiro lugar, na gama Honor 50 contaremos com o recém anunciado processador Snapdragon 778G da Qualcomm, a 6 nm. No entanto, o SoC mais poderoso estará presente no próximo smartphone Honor Magic, aí sim, com o Snapdragon 888 de topo.

Assim, teremos um regresso em força da Honor aos palcos mundiais após um hiato significativo. A fabricante, outrora popular em Portugal, foi relegada para segundo plano pela Huawei, até que a própria casa-mãe se viu envolta no atual bloqueio.

Sendo, entretanto, vendida, a Honor adquiriu independência total da Huawei e agora, volvidos vários meses da sua venda, recupera o acesso aos serviços Google e passa a usar processadores Qualcomm. Tem agora tudo o que necessita para voltar a crescer.

Em breve teremos os smartphones Honor Magic e novos Honor 50

A gama Honor Magic volta assim à vida após, em 2018, ter recebido o Magic 2, mas desde então as variadas reviravoltas de mercado terem-nos feito esperar por um sucessor digno. Agora, contudo, o terceiro Magic estará pronto para voltar a surpreender.

Recordamos que a linha Magic tem-se destacado pelo design ousado, de linhas curvas e margens aparentemente inexistentes, bem como pela utilização de tecnologias cativantes, portanto estamos agora expectantes pela terceira geração e respetivas melhorias.

A Honor confirmou a revelação de mais novidades ao longo deste mês, com a apresentação do produto apontada para junho. Será então, no próximo mês, que deveremos ficar oficialmente a conhecer não só o Honor Magic 3, como também os Honor 50.

Poderá o regresso dos serviços Google aos smartphones Honor traduzir-se num novo crescimento na Europa e no mundo?

Editores 4gnews recomendam:

Rui Bacelar
Rui Bacelar
Na escrita e comunicação repousa o gosto, nas leis a formação. É na tecnologia que encontrou o seu expoente máximo e na 4gnews a plataforma ideal para a redação e produção de vídeo.