Xiaomi-Mi-5-snapdragon-820

(Este artigo é duplicado devido a problemas no servidor)

Já há muito que a Xiaomi anda a prometer um novoflagship e sinceramente tem feito um excelente trabalho a conter todas aquelas fugas de

   

informação ou leaks a que já nos habituamos. Com tanto secretismo, o mistério e a antecipação do Xiaomi Mi 5 começa a atingir níveis muito altos. A comunidade tecnológica fervilha sempre que surge alguma notícia relacionada com o futuro topo de gama da “Apple chinesa”. Esta nova informação sugere que o Xiaomi Mi 5 utilizará o SoC Snapdragon 820 da Qualcomm.

Este Xiaomi Mi 5 ainda é praticamente uma incógnita. Tudo bem que se debatia o tamanho de ecrã, muito provavelmente terá 5.2 polegadas e resolução Quad-HD e que já se discutia qual o seu processador, se era o Helio X20 da MediaTek ou então
o Snapdragon 820 da Qualcomm mas tirando isso, nada de informações concretas.

Aproveitando esta falta de esclarecimento sobre o SoC do Xiaomi Mi 5, o CEO de uma empresa analista de mercado, Kevin Wang,

veio a público dizer que a Xiaomi já fez as pazes com a Qualcomm, pondo de parte qualquer disputa que tivesse com esta gigante produtora de processadores. Ainda segundo este analista de mercado, o Xiaomi Mi 5 utilizará apenas o Snapdragon 820 e, portanto, não terá qualquer variante com outro processador.

Este será o cenário mais provável, o próximo topo de gama da “Apple chinesa” deverá confiar no Snapdragon 820 da Qualcomm. Aliás, ainda há momentos surgiu uma fuga de informação da GeekBench onde ficaram registadas as pontuações deste processador num equipamento da Xiaomi, o Xiaomi Mi 5 sob o nome de código Gemini.Xiaomi-Gemini-mi5-benchmark-geekbench

Este
processador Snapdragon 820 foi apresentado ontem pela Qualcomm e é aclamado como o SoC mais potente que a construtora

alguma vez concebeu. Estranho era se dissesse algo em contrário mas, realmente, ao olhar para as pontuações da GeekBench é impossível não reconhecer o seu potencial.

Esperemos é que não aqueça como o seu antecessor. De qualquer das formas, creio que um dos motivos para o sucessivo adiamento do Xiaomi Mi 5 era mesmo devido ao tempo necessário para que este Snapdragon fosse apresentado e ficasse pronto para produção em massa. Pessoalmente acredito que veremos o Xiaomi Mi 5 no início do próximo ano tendo em conta o ritmo de desenvolvimento da indústria.

Fundador do projeto 4gnews, sempre olhei para a tecnologia como um pedaço de nós. Desde cedo ligado ao mundo tecnológico, este é literalmente o meu trabalho de sonho. Amante de vinho e apaixonado pelo meu Vit. Guimarães, acredito ainda que todas as nossas acções são o gatilho para o nosso futuro.