O último fôlego: nem o BlackBerry Priv com Android foi capaz estagnar a queda nas vendas

Rui Bacelar

O BlackBerry Priv é o smartphone mais actual da outrora gigante canadiana. Concebido para trazer a marca de novo à ribalta, adoptando até um novo sistema operativo em detrimento do seu próprio Blackberry OS. Contudo, nem o Android foi capaz de inverter a espiral recessiva que, já há vários anos, assombra as vendas desta construtora.

O Bom

Começando pelas boas notícias, o BlackBerry Priv, deverás receber a atualização nesse intervalo de tempo.

O Mau

Quanto a Blackberry publicou o seu relatório de contas, relativo ao último trimestre fiscal de 2015, foram várias as notícias que daí surgiram (algumas pouco mais do que mera especulação, outras mais consistentes). Pois bem, de acordo com o relatório oficial de contas, durante os últimos 3 meses de 2015, a BlackBerry gerou 464 milhões de dólares em receitas, uma diminuição de 30% em comparação com o período homólogo do ano anterior e ficando abaixo dos 563 milhões de dólares em receitas, valor previsto por Wall Street.

Lucros no Software e serviços, prejuízos no hardware
John Chen, CEO da BlackBerry

Houve, contudo, um significativo aumento, de 106%, nos lucros gerados pelo software e serviços da BlackBerry, tendo este segmento gerado 527 milhões de dólares durante todo o ano de 2015. Mesmo assim, durante o último trimestre a BlackBerry teve um prejuízo de 238 milhões de dólares. Apesar destes números pouco animadores, a construtora conseguiu receber um generoso investimento de 2.62 biliões de dólares no fim do último trimestre de 2015, o que acalenta alguma esperança para o futuro.

A (in)certeza

Chegada a hora de tirar ilações, a Blackberry vendeu uns meros 600, 000 equipamentos durante o último trimestre de 2015, sendo a maior fatia das vendas, representado pelo BlackBerry Priv em, pelo menos conter os prejuízos, deverá a marca abandonar o sector de hardware?

Talvez queiras ver:

  • Imagem do suposto Nokia A1 com Android circula na internet
  • HTC 10 Mini poderá ser lançado já em Setembro
  • OneNote para Windows 10 já permite gravações de voz
Rui Bacelar
Rui Bacelar
Na escrita e comunicação repousa o gosto, nas leis a formação. É na tecnologia que encontrou o seu expoente máximo e na 4gnews a plataforma ideal para a redação e produção de vídeo.