Nokia junta-se à MediaTek para lançar um smartphone 5G acessível a todos

Carlos Oliveira
1 comentário

Ainda que as infraestruturas não estejam devidamente desenvolvidas, as marcas têm-se esmerado para nos providenciar smartphones com suporte ao 5G. A Nokia não quererá ficar de fora dessa tendência e prepara algo que irá agradar aos consumidores com menor poder de compra.

Segundo está a avançar a publicação NokiaPowerUser, a finlandesa está a preparar um smartphone acessível com conectividade 5G. Isso será possível graças à utilização de um processador MediaTek Dimensity da linha 800.

Processador MediaTek Dimensity 8xx foi o escolhido pela Nokia

A MediaTek tem feito alguns lançamentos com potencial nos últimos meses graças a sua linha de processadores Dimensity. Estes têm-se destacado por resultados de benchmarks prometedores e preços bastante apelativos.

Nokia

Aproveitando estes dois pontos, a Nokia está a olhar para a linha Dimensity 800 como fornecedora para o seu próximo equipamento de baixo custo. Uma opção que lhe permitirá levar o 5G aos seus consumidores com menor poder de compra.

Por enquanto, ainda não temos indicação de qual possa ser esse modelo. O vindouro Nokia 7.3 terá sido já colocado de parte, uma vez que este deverá socorrer-se dos processadores da Qualcomm.

Segundo a fonte, este novo equipamento acessível com 5G só deverá ser revelado no início do próximo ano. Excluindo a possibilidade de ser o Nokia 7.3, poderemos estar a falar de um modelo da linha 5 ou 6.

Nokia parece estar um pouco apagada ultimamente

Quando a HMD Global pegou na mítica marca finlandesa, tivemos um ressurgimento em grande de uma das mais conceituadas empresas tecnológicas europeias. Uma política de atualizações de fazer inveja e equipamentos com preços muito interessantes, deram-lhe uma notoriedade singular.

Mas com o passar dos anos, a Nokia parece ter-se apagado. As suas atualizações já não são tão vigorosas como inicialmente e os últimos lançamentos têm deixado muito a desejar.

Adiar o lançamento deste equipamento para o próximo ano poderá não ser, uma vez mais, a melhor opção. Com a Xiaomi, Realme ou mesmo a Huawei a atacar o mercado com intermediários com capacidades 5G por preços apelativos, a resposta da Nokia poderá não surtir o efeito desejado.

Editores 4gnews recomendam:

Carlos Oliveira
Carlos Oliveira
Tendo já passado por várias casas, a 4gnews é aquela que me segura desde 2015. Com um desejo insaciável de me manter atualizado tecnologicamente, a partilha desse conhecimento é apenas o seguimento natural das coisas.