"Não nos vamos envolver na guerra comercial entre os Estados Unidos e China", diz a Nokia

António Guimarães
Comentar

O mundo inteiro da tecnologia está a assistir enquanto os Estados Unidos e a China travam uma guerra comercial. Os Estados Unidos não querem a Huawei a operar em terreno americano e tem tentado convencer empresas a juntarem-se à luta. A Nokia, no entanto, não será uma delas.

De acordo com o CEO da Nokia, Pekka Lundmark, a concorrência tem de agir com prudência. Assim sendo, o CEO declarou que a Nokia irá manter-se neutra neste conflito, não se envolvendo de forma alguma. "Acreditamos que é um erro para uma empresa ter uma agenda política. Não temos interesses políticos, somos somente uma empresa".

Estas declarações foram feitas na sequência da pressão que Donald Trump e o governo americano está a fazer aos seus "aliados" para banir equipamentos da Huawei na Europa. Alguns países já começaram a ponderar essa situação, inclusive o Reino Unido, que pretende livrar-se das infraestruturas da Huawei até 2027.

O objetivo aqui é estancar o avanço da Huawei no desenvolvimento do 5G. Contudo, a verdade é que a Nokia até tem a beneficiar da desgraça da Huawei. Afinal, a Nokia é responsável pelo desenvolvimento de infraestruturas de telecomunicações na Europa.

xfgxfd
Pekka Lundmark, CEO da Nokia

A Huawei faz concorrência com a Nokia

Empresas como a Nokia e Ericsson tiveram o seu negócio de infraestruturas prejudicado por causa de empresas como a Huawei. Com preços mais baixos e uma força de trabalho enorme, a Huawei conseguiu conquistar vários contratos de desenvolvimento, vendendo mais barato que a concorrência.

É uma questão de tempo até vermos como é que a situação se irá desenrolar. A verdade é que a Huawei tem vindo a passar mal na Europa devido a estas restrições e controvérsias.

Editores 4gnews recomendam:

António Guimarães
António Guimarães
Juntamente com os seus atuais companheiros Mi A2 e Surface Go, batalha para elucidar as massas sobre todos os acontecimentos da esfera tecnológica. "Informação é poder" é a frase que o acompanha diariamente. Talvez um dia a coloque numa t-shirt.