Misterioso smartphone com câmara no ecrã avistado. Poderá ser o Xiaomi Mi Mix 4?

Carlos Oliveira
3 comentários

Há uma tecnologia que os utilizadores estão desejosos de poder ver num smartphone. Falo, obviamente, da câmara frontal embutida no ecrã, algo que nos permitirá dispensar notches, punch holes ou mecanismos elevatórios.

Uma prova de que essa tecnologia poderá estar prestes a chegar ao mercado surge hoje. Na plataforma Slashleaks encontramos uma foto real de um misterioso smartphone que não apresenta uma câmara frontal visível.

Possível Xiaomi Mi Mix 4

A ausência de uma interrupção no ecrã deste equipamento leva-nos a crer que a sua câmara frontal possa esta debaixo do vidro. O melhor de tudo, é que este é um equipamento funcional e que indica estar já em fase de testes.

Por que razão pensamos poder ser o Xiaomi Mi Mix 4

O Xiaomi Mi Mix 4 é talvez o smartphone mais esperado do último ano. Quando todos pensávamos que este modelo pudesse ser revelado no final de 2019, tivemos um Mi Mix Alpha e os rumores em torno do Mi Mix 4 nunca pararam.

Depois de vários rumores e patentes de que este mítico equipamento pudesse trazer uma câmara embutida no ecrã, o Mi Mix 4 é um dos principais candidatos a ser o protagonista da imagem que hoje partilhamos.

Além disso, este smartphone tem um aspeto bastante semelhante aos modelos já lançados desta linha. Adicionalmente, vemos que o seu ecrã praticamente não tem margens, mais um dos traços característicos da linha Mi Mix.

Claro que isto é pura especulação e não temos nada mais que sustente que este é realmente o Xiaomi Mi Mix 4. É pelos pontos que menciono acima que fundamento essa crença.

Por isso mesmo, esta é uma daquelas informações que não podes mesmo esquecer a "pitada de sal". A única certeza é que não vemos nenhum buraco ou mecanismo pop-up para a câmara frontal.

Editores 4gnews recomendam:

Carlos Oliveira
Carlos Oliveira
Tendo já passado por várias casas, a 4gnews é aquela que me segura desde 2015. Com um desejo insaciável de me manter atualizado tecnologicamente, a partilha desse conhecimento é apenas o seguimento natural das coisas.