MediaTek continua a superar a Qualcomm com mais chips vendidos em 2021

Rui Bacelar
Comentar

A agência de análise de mercado CounterPoint Research publicou um novo relatório no qual volta a dar primazia à MediaTek no mercado global de processadores. A análise contempla o segundo trimestre de 2021 e mantém a Qualcomm em segundo lugar.

Assim sendo, o mercado de processadores para smartphones continua a ser dominado pela MediaTek, fabricante sediada em Taiwan, com uns respeitáveis 38% de quota de mercado. O seu domínio prende-se sobretudo com o preço mais acessível dos seus SoC's.

MediaTek permanece à frente da Qualcomm no 2.º trimestre de 2021

MediaTek Qualcomm

O novo estudo da CounterPoint Research mostra a dominância da MediaTek durante o período em análise, mantendo assim a sua liderança no setor dos processadores e chips. Em particular, o seu sucesso foi atribuído à gama de processadores Dimensity 700.

Com efeito, estes seriam os processadores dominantes no segmento de smartphones 5G. Em simultâneo, o modelo de processador Helio G80 foi a figura dominante nos smartphones com acesso às redes móveis 4G LTE em pleno 2021.

A ambivalência da MediaTek permitiu-lhe crescer em todas as frentes e setores de operação, algo que atribui também à crescente popularidade dos mais recentes chips Dimensity. São já uma presença comum nos smartphones de gama média e de entrada, com a previsão a ser de crescimento para o resto do ano de 2021.

A norte-americana Qualcomm continua remetida para segundo lugar

Mediatek

Face à crescente popularidade dos chips e soluções MediaTek, a principal rival, a norte-americana Qualcomm obteve 32% de quota de mercado. Uma métrica que a coloca confortavelmente à frente da terceira classificada, a Apple, com 15% de quota de mercado.

Note-se que a Qualcomm usufruiu de uma procura forte pelas suas soluções 5G, desde os modems aos processadores com modem integrado (SoC's) com suporte para as redes móveis de quinta geração. Por conseguinte, a sua quota de mercado aumentou de 29% para 32% entre o primeiro e o segundo trimestre de 2021.

A Qualcomm registaria, com efeito, uma predominância no setor de gama alta, estando presente sobretudo nos smartphones mais premium do mercado. Aliás, a previsão é de crescimento para esta fabricante, sobretudo no segmento de topo.

A Huawei e os seus HiSilicon continuam a recuar em 2021

Qualcomm MediaTek
Mercado global de processadores. Fonte: CounterPoint Research

Em terceiro lugar continuamos a ter a Apple graças à manutenção da forte procura pelos iPhone 12. Aliás, a vantagem da tecnológica de Cupertino sobre a rival sul-coreana Samsung permanece considerável ainda que ambas tenham abrandado.

Por fim, é a Huawei quem mais continua a perder no mercado global de processadores. Fruto da sua erosão no mercado de smartphones e das restrições impostas, a sua quota de mercado cai agora para uns residuais 3%.

Em síntese, vemos uma popularidade crescente e atestada da MediaTek graças aos seus chips custo / benefício. Em simultâneo, a Qualcomm destaca-se no segmento de topo com as soluções 5G ao longo do segundo trimestre de 2021.

Editores 4gnews recomendam:

Rui Bacelar
Rui Bacelar
Na escrita e comunicação repousa o gosto, nas leis a formação. É na tecnologia que encontrou o seu expoente máximo e na 4gnews a plataforma ideal para a redação e produção de vídeo.