Huawei Nova 9 está prestes à chegar á Europa e já sabemos o preço

Carlos Oliveira
Comentar

A Huawei subirá ao palco no dia 21 de outubro para a apresentação de novos equipamentos para a Europa. Acredita-se firmemente que o seu gama média Huawei Nova 9 seja um dos produtos desvendados nessa ocasião.

Entretanto, uma série de fugas de informação revelaram os pormenores mais importantes acerca deste smartphone. Desde o seu preço às suas especificações, aqui encontrarás tudo o que precisas saber sobre o Nova 9.

Huawei Nova 9

Preço do Huawei Nova 9 começará nos 499 €

Através de uma inadvertida listagem da Amazon, ficamos a saber que o Huawei Nova 9 chegará ao mercado europeu a partir dos 499 €. Este será o valor de referência para a maioria dos mercados, embora possa subir para os 549 € em alguns países.

Por este valor, os consumidores receberão um equipamento inspirado pelos Huawei P50, porém, com um preço bem mais acessível. Mas pormenores como o ecrã curvo nas laterais ou o arrojado módulo da câmara traseira permanecerão no Huawei Nova 9.

No seu interior encontraremos um processador Snapdragon 778G, limitado à conectividade 4G. Terá o apoio de 8 GB de RAM e 128 GB de armazenamento interno para os dados dos seus utilizadores.

Huawei Nova 9

Recuando um pouco ao ecrã, este será um OLED de 6,57 polegadas com uma resolução Full-HD+. Ao centro terá uma pequena perfuração ou punch-hole para alojar a sua câmara frontal de 32 MP.

Já na traseira marcará presença uma lente principal de 50 MP, uma grande angular de 8 MP e dois outros sensores com resolução de 2 MP. As últimas servirão para fotografia macro e ainda para efeitos de profundidade mais precisos em modo de retrato.

A manter tudo a funcionar estará uma bateria de 4300 mAh de capacidade. Para fazer o seu carregamento, a Huawei optou por velocidades de 66 W.

Já só falta mesmo a confirmação oficial destas informações. Embora possa parecer um equipamento interessante pelas suas características, o Huawei Nova 9 não terá a vida facilitada na Europa devido à ausência do Android e dos serviços da Google.

Editores 4gnews recomendam:

Carlos Oliveira
Carlos Oliveira
Tendo já passado por várias casas, a 4gnews é aquela que me segura desde 2015. Com um desejo insaciável de me manter atualizado tecnologicamente, a partilha desse conhecimento é apenas o seguimento natural das coisas.