Huawei Mate 40: detalhes dos seus ecrãs finalmente revelados

Carlos Oliveira
Comentar

Faltam poucas semanas para a Huawei apresentar a nova linha Mate 40. Alguns rumores apontam para o lançamento de três modelos, porém, as últimas fugas de informação têm incidido em apenas dois deles.

Uma tendência que se repete com as mais recentes informações partilhadas por Ross Young. Com um passado de assertividade nas suas previsões, este especialista em ecrãs vem agora revelar o que esperar dos painéis dos Huawei Mate 40.

Mate 40 panel production started this month. 6.5" 2340 x 1080, 90Hz...

— Ross Young (@DSCCRoss) 21 de agosto de 2020

Ecrãs grandes e taxa de atualização de 90Hz serão uma realidade nos Mate 40

Começando pelo modelo base (Huawei Mate 40), Young confirma que o seu painel terá uma diagonal de 6.5 polegadas. A resolução ficar-se-á pelo Full-HD+ acompanhado por uma taxa de atualização de 90Hz.

Já o Huawei Mate 40 Pro terá um ecrã superior, com 6.78 polegadas e resolução QHD+. Todavia, a sua taxa de atualização irá manter-se nos 90Hz. Aliás, Young menciona que a transição para os 120Hz só acontecerá no próximo ano.

Em ambos os modelos, poderemos contar com ecrãs curvos nas laterais, mas o modelo Pro será ainda mais curvo graças ao seu painel em cascata. Algo que a chinesa já fez nos Mate 30, portanto, acaba por não ser uma surpresa.

O que mais esperar dos Huawei Mate 40

Ambos os Mate 40 deverão usar o mesmo processador Kirin 1000. Este deverá ser o último SoC de marca própria da Huawei em resultado dos impedimentos que o governo americano tem colocado à empresa.

As câmaras continuarão a ser o forte dos smartphones da chinesa, obviamente com o modelo Pro em destaque. Este deverá comportar uma lente principal de 50MP, uma grande angular de 80MP, uma telescópica e ToF.

Relativamente a preços, rumores indicam que o Huawei Mate 40 Pro possa começar nos 728€. É importante notar que este valor é para a China, logo deverá ser um pouco superior caso venha para a Europa.

Editores 4gnews recomendam:

Carlos Oliveira
Carlos Oliveira
Tendo já passado por várias casas, a 4gnews é aquela que me segura desde 2015. Com um desejo insaciável de me manter atualizado tecnologicamente, a partilha desse conhecimento é apenas o seguimento natural das coisas.