Huawei está novamente em apuros! Nem a MediaTek lhes garante nada! Entende

Filipe Alves
7 comentários

A Huawei ficou sem a possibilidade de criar os seus processadores Kirin. Isto porque a TSMC, que os fabricava, acabou de cortar relações com a marca devido a receios de sanções dos EUA. Afinal de contas esta é a empresa que fornece os processadores à Apple e a empresa de Tim Cook é a maior responsável pelo fluxo de vendas da TSMC.

Assim sendo, a Huawei, sem forma de criar os seus processadores, virou-se para a MediaTek. Já não é a primeira vez que a MediaTek fabrica processadores para a Huawei. Aliás, foram muitos terminais de entrada da Huawei que traziam chips da MediaTek. Porém, nem a MediaTek garantiu que conseguia fazê-lo.

MediaTek não fecha a porta à Huawei... mas quase

Huawei

O negócio com a Huawei e MediaTek parece ter ido em frente. A empresa de processadores será responsável pelo fabrico dos chips dos smartphones da marca. Tanto de entrada como topo de gama. Resta-nos saber se chegarão com o nome Kirin ou MediaTek.

Contudo, nem tudo está a correr bem para a Huawei. Isto porque a MediaTek referiu que não pode garantir que conseguirá arcar com o volume de encomendas da Huawei.

Escusado será dizer que a MediaTek também está com receio de se apoiar com a Huawei e ser castigada pelo governo americano. Isso levaria à empresa a perder milhões e ficar numa situação idêntica à Huawei.

Quais as alternativas da Huawei

A Samsung e UNISOC são duas empresas que podem ajudar a Huawei numa situação destas. Neste caso, a Samsung é a que leva vantagem porque não é uma empresa chinesa. Ou seja, não teria o mesmo receio que as outras têm com possíveis sanções do governo de Donald Trump.

Em conclusão, a Huawei está numa situação ingrata. Há uns anos era uma das marcas que mais dava que falar e agora vê-se encostada à parede sem soluções à vista. Veremos no que isto dá.

Até lá, fica a conhecer os melhores telemóveis para fotografia. Além disso, descobre a lista dos melhores telemóveis chineses, modelos disponíveis em Portugal.

Editores 4gnews recomendam:

Filipe Alves
Filipe Alves
Fundador do projeto 4gnews e desde cedo apaixonado pela tecnologia. A trabalhar na área desde 2009 com passagens pela MEO, Fnac e CarphoneWarehouse (UK). Foi aí que ganhou a experiência que necessitava para entender as necessidades tecnológicas dos utilizadores.