Google Play Store volta a mostrar lista de permissões de cada aplicação

Carlos Oliveira
Comentar

A Google anunciou o regresso de uma funcionalidade muito requisitada pelos seus utilizadores. Em breve, a Google Play Store voltará a apresentar uma lista detalhada das permissões requeridas por qualquer aplicação presente na sua loja.

Com efeito, será um local onde os utilizadores poderão avaliar antecipadamente o que necessitam consentir para usar uma aplicação. É mais um reforço para a garantia da privacidade de todos os utilizadores do universo Android.

Privacy and transparency are core values in the Android community. We heard your feedback that you find the app permissions section in Google Play useful, and we've decided to reinstate it. The app permissions section will be back shortly.

— Android Developers (@AndroidDev) 21 de julho de 2022

Play Store revela as permissões necessárias para o uso de qualquer aplicação

Esta lista de permissões na Play Store não é novidade, contudo, ela fora recentemente abolida. A Google fê-lo para introduzir a secção "segurança de dados" onde é possível avaliar de que forma as aplicações utilizam a informação dos seus utilizadores.

Ainda assim, foram várias as vozes que se levantaram a pedir o regresso da lista de permissões necessárias antes da instalação de qualquer aplicação. Um pedido que a gigante norte-americana acolhe agora.

Neste agregado de informação, os utilizadores compreenderão facilmente que informação uma determinada aplicação necessitará para funcionar em pleno. A informação será compilada com base nas permissões desejadas no ato de instalação da aplicação.

Google Play Store

Deste modo, os utilizadores poderão avaliar os dados ou ações que essa aplicação necessitará para funcionar. Dados fornecidos mesmo antes da instalação da app, oferecendo assim aos utilizadores um poder de decisão mais informado.

Já a secção de "segurança de dados" atualmente disponível foca-se na informação recolhida e partilhada com terceiros. Embora ambas atentem à privacidade do utilizador, a informação disponibilizada é ligeiramente diferente.

Importa notar que a lista de permissões coexistirá com a secção de "segurança de dados". Ou seja, a Google passará a fornecer aos seus utilizadores o melhor dos dois mundos.

Para os programadores, a Google relembra que estes têm até 20 de agosto para facultar estas informações aos seus potenciais utilizadores. Caso não cumpram com as normas impostas pela empresa, deixarão de poder lançar atualizações ou novas apps na Play Store.

Editores 4gnews recomendam:

Carlos Oliveira
Carlos Oliveira
Tendo já passado por várias casas, a 4gnews é aquela que me segura desde 2015. Com um desejo insaciável de me manter atualizado tecnologicamente, a partilha desse conhecimento é apenas o seguimento natural das coisas.