Google Notícias: espera-se uma mudança considerável nos próximos tempos!

Filipe Alves
1 comentário

A Google decidiu tomar um passo importante com o Google Notícias. A aplicação tem vindo a crescer nos últimos anos e é um dos locais com melhor qualidade de informação aglomerada.

Contudo, por muito que seja um ponto de interesse para muitos media, a Google continua sem pagar pelo conteúdo. Ou seja, traz mais tráfego aos websites, porém, não existe uma rentabilização pelos direitos de autor.

Google vai começar a pagar aos ‘media’ por "notícias de qualidade"

Google Notícias

A Google referiu de forma oficial que vai começar a pagar aos ‘media’ por "conteúdo de qualidade". Não sabemos ao certo o que isso significa, sabemos apenas que a empresa começará já o projeto em alguns países e com algumas empresas de comunicação.

O projeto começará na Austrália, Brasil e na Alemanha. Foram escolhidos alguns ‘media’ para integrarem o novo projeto. Resta-nos saber se os projetos não escolhidos terão algum tipo de proposta pela Google.

Google Notícias não traz rentabilização à Google

Vale a pena frisar que a aplicação do Google Notícias não traz nenhuma rentabilização direta à Google. Ou seja, não é uma aplicação com subscrição ou publicidade.

Porém, vale a pena perceber que a Google ganha informação sobre os interesses dos utilizadores e acaba por reencaminhar links para websites que, por sua vez, utilizam publicidades Google. Ou seja, é uma "auto-promoção" bem disfarçada.

Google Notícias tem alguns aspetos a mudar

Na minha opinião o Google Notícias é uma aplicação fantástica. Porém, devia de existir um pouco mais de controlo de quem vai parar nesta aplicação. Além disso, a Google não devia promover conteúdo que quando abres te deparas com uma "paywall" e só podes ler se pagares a versão "Premium" do jornal.

Por fim, algo que gostava de ver era a Google a castigar websites que não fazem as páginas para o Google News. Em vez disso, obrigam o utilizador a visitar a página normal para ver o carrossel de imagens ou o resto da notícia (cof cof observador e record, cof cof).

Esperemos que este seja o primeiro passo de uma nova forma de rentabilizar os media que muito perderam por não se conseguir adaptar ao mundo online.

Editores 4gnews recomendam:

Filipe Alves
Filipe Alves
Fundador do projeto 4gnews e desde cedo apaixonado pela tecnologia. A trabalhar na área desde 2009 com passagens pela MEO, Fnac e CarphoneWarehouse (UK). Foi aí que ganhou a experiência que necessitava para entender as necessidades tecnológicas dos utilizadores.