Google irá encerrar o serviço Hangouts On Air este ano

Carlos Oliveira
1 comentário

A Google tem vindo a fechar muitos dos seus serviços ultimamente, e eis que uma nova vítima é conhecida. O serviço de streaming Hangouts on Air irá encerrar os seus serviços ainda em 2019.

A notícia está a ser dada, em primeira mão, àqueles que iniciam uma conversação por intermédio deste serviço. Os utilizadores estão a receber uma notificação indicando que o Hangouts on Air "irá desaparecer no final deste ano".

O que é o Hangouts on Air?

Se és seguidor dos podcasts / lives da 4gnews, no Youtube, então já te deparaste com as vantagens deste serviço. Com o Hangouts on Air facilmente se pode configurar uma vídeo-chamada de grupo e transmiti-la no Youtube, em direto, para todo o mundo.

4gnews podscast
Imagem de um podcast da 4gnews com o Hangouts on Air

Este serviço possui ainda vantagens como chat, alteração automática do foco da câmara para o utilizador que estiver a falar, partilha de ecrã e outras. Isto para não falar de que toda a vídeo-chamada ficará disponível no canal do Youtube, para posterior visualização.

Ainda não existe uma verdadeira alternativa ao Hangouts on Air

Em alternativa, a Google está a redirecionar os seus utilizadores para a página Youtube.com/webcam. No entanto, este serviço está longe de oferecer as mesmas potencialidades do Hangouts on Air.

Com o serviço sugerido pela Google, qualquer um pode iniciar uma transmissão, em direto, no Youtube. Todavia, este serviço suporta apenas um utilizador, algo que não se enquadra numa verdadeira alternativa ao Hangouts on Air.

Para o caso de queres transmitir uma vídeo-chamada em grupo, em direto, terás de recorrer a outro tipo de serviços. Talvez tenhas de combinar mais do que um serviço do género para que pudesses colocar o teu grupo online.

Em alternativa, a Google podia incorporar as potencialidades do Hangouts on Air noutros serviços como o Hangouts Meet ou no próprio Youtube. Contudo, a empresa norte-americana ainda não ofereceu qualquer alternativa viável ao serviço que irá encerrar em breve.

1 comentário
Carlos Oliveira
Carlos Oliveira
Tendo já passado por várias casas, a 4gnews é aquela que me segura desde 2015. Com um desejo insaciável de me manter atualizado tecnologicamente, a partilha desse conhecimento é apenas o seguimento natural das coisas.