Google investigada pela União Europeia na recolha de dados

Bruno Coelho
Comentar

A Google está a ser investigada pelos reguladores anti-monopólio da União Europa pelas suas políticas de recolha de dados. A informação foi avançada por um comissário do organismo em exclusivo à agência Reuters.

O objetivo é perceber como e porquê empresas tecnológicas dominantes (como é o caso da Google), usam e monetizam os dados recolhidos. “A investigação preliminar já está a decorrer”, avançou a fonte da UE.

Segundo um documento da Reuters, a UE tem-se focado em dados relacionados com serviços de pesquisa local, anúncios online, serviços de login, navegadores de internet, e serviços de publicidade direcionada aos utilizadores específicos. De recordar que a Google tem levado com multas por casos semelhantes.

Google foi multada em 8 mil milhões nos últimos dois anos pela UE

A comissária da UE para a concorrência, Margrethe Vestager, tem sido um verdadeiro pesadelo para a Google. Aludindo à Google para que mude as suas práticas, só nos últimos dois anos foram ordenados mais 8 mil milhões de euros em multas pelo organismo.

De recordar que a Google já se justificou por várias vezes sobre o assunto. Segundo a gigante tecnológica, esta usa os dados para melhorar os seus serviços. Além disso, adverte que os utilizadores podem gerir, apagar ou transferir os seus dados a qualquer momento.

Esta nova investigação deve novamente colocar a Google em sentido. As multas já foram pesadas no passado, e a empresa não vai querer voltar a estar nas notícias pelas piores razões.

Editores 4gnews recomendam:

Comentar
Bruno Coelho
Bruno Coelho
O Nokia 3650 foi o primeiro grande mergulho no mundo tecnológico. Se o Ultimate Team é o seu atual saco de boxe, o Macbook Pro é o melhor amigo. Escrever sobre tecnologia é o processo natural na vida de alguém que come especificações ao pequeno-almoço.