Google introduz mais de 50 novas funções no Classroom, Meet e Chrome

Rui Bacelar
Comentar

Há mais de 50 novas ferramentas de ensino online a chegar aos utilizadores do ecossistema Google. Os destaques foram revelados na última quarta-feira (17) durante o evento global Learning with Google e focam-se nas necessidades atuais

São novas funcionalidades em produtos Google para apoiar a educação e aprendizagem. Há novas métricas de utilização do Google Meet e Classroom a nível mundial e ainda uma nova plataforma no Google Arts&Culture dedicada a professores, pais e alunos.

São mais de 50 novas funcionalidades no Classroom, Meet e Chrome

Google Classroom

Há diversas melhorias para os serviços da Google, entre as quais segregamos 3 com várias ramificações.

1. Classroom Offline - para alunos com conectividade de Internet limitada. A monitorização de envolvimento do aluno para os professores entenderem melhor a sua turma.

Várias melhorias na criação de fotos, anexos e carregamentos para utilizadores em dispositivos móveis e listas de sincronização que aprimorada de fotos, anexo e envio para utilizadores de dispositivos móveis como smartphones e tablets.

2. Novos controlos de administrador no Google Meet sobre quem pode juntar-se às reuniões. Temos também a atribuição automática do cargo de administrador da chamada aos professores.

Sem esquecer a nova opção de acabar a reunião para todos, transcrição das reuniões e a possibilidade de silenciar todos os participantes de uma só vez (e decidir se os alunos podem reativar o som ou não).

Os alunos também poderão expressar-se por meio de reações emoji no Google Meet.

3. Google Workspace for Education. Antes conhecido como G Suite for Education, o Google Workspace for Education está alinhado com o produto Google Workspace anunciado em outubro e reflete o compromisso da tecnológica em trazer o melhor da Google para a Educação.

Aliás, para responder às diferentes necessidades das instituições em todo o mundo estará disponível em 4 edições em vez de duas.

Há novas funções para ensino online integradas no ChromeOS da Google

Google Classroom

Relativamente ao Chrome apontam-se os 40 novos Chromebooks (modelos de computador) desenvolvidos para ambientes de educação. Há ainda 500 novas políticas na Consola de Administrador para ajudar a gerir e otimizar grupos de Chromebooks.

Destaca-se, por exemplo, uma ferramenta de gravação do ecrã integrada ao Chrome OS também chegará para que professores e alunos possam capturar instruções em tempo real na sala de aula e em casa.

Durante o evento de apresentação e através da publicação no blog da Google, ficamos a par das mais recentes métricas. O crescimento foi registado em todas as vertentes, com o Classroom, Meet e demais plataformas em crescendo.

O Google Classroom serve mais de 150 milhões de alunos em ensino online

  • 170 milhões de alunos e educadores em todo o mundo estão a usar o Google Workspace for Education. A plataforma é usada para criar, colaborar e comunicar (140 milhões de utilizadores em junho de 2020).
  • O Google Classroom está agora a servir mais de 150 milhões de alunos, editores e líderes escolares a nível global. (40 milhões há um ano.)
  • De acordo com a Futuresource, os Chromebooks são o dispositivo n.º 1 a nível global em EDU K-12 e pelo segundo trimestre consecutivo.

Temos ainda a plataforma Learn with Google Arts & Culture

Além disso, a Google está a lançar o “Learn with Google Arts & Culture”. Trata-se de um portal dedicado para professores, pais e alunos que reúne histórias, conhecimento e tesouros de 2.000 instituições culturais. Conta ainda com ferramentas interativas como Realidade Aumentada e Aprendizagem de Máquina que irão ajudar a tornar a aprendizagem mais envolvente.

O portal inclui planos de aula para descarregar elaborados por especialistas em educação, com tópicos como dinossauros, exploração do Espaço, história e cultura negras e herança Hispânica.

Destacam-se também temáticas como a "Quer saber mais sobre o Big Bang?"; "Mergulhe na física e descubra o que acontece na CERN (Organização Europeia para a Pesquisa Nuclear)", ou a possibilidade de espereitar em 3D os animais pré-históricos e no mais recente Mars Rover Perseverance da NASA.

A ferramenta da Google presta-se também como um auxílio valioso quando precisamos de uma nova abordagem para uma aula de arte, por exemplo. Nesse caso, podemos apresentar aos alunos a Frida Kahlo ao visitar o seu atelier ou o Lee Ungno ampliando as suas obras-primas em ultra alta definição e os movimentos artísticos como o Impressionismo ou o Renascimento do Harlem.

Esta é a súmula dos novos recursos apresentados pela Google para o ensino online. Necessidade que nos acompanha neste 2021 confinado ao ecrã dos computadores e smartphones, mas agora mais preparado que nunca.

Editores 4gnews recomendam:

Rui Bacelar
Rui Bacelar
Na escrita e comunicação repousa o gosto, nas leis a formação. É na tecnologia que encontrou o seu expoente máximo e na 4gnews a plataforma ideal para a redação e produção de vídeo.