Google imortaliza a Billie Eilish! Vê o primeiro "vídeo infinito" criado com IA

Vitor Urbano
Comentar

A Google resolveu testar uma nova aplicação da sua ferramenta de machine learning TensorFlow, imortalizando a cantora Billie Eilish ao criar a primeira "música infinita" no YouTube com o tema Bad Guy.

A escolha desta música não foi certamente aleatória, tendo batido o recorde da música que teve durante mais tempo seguido como nº1 no ranking Billboard Hot 100. Além disso, conseguiu recentemente ultrapassar a marca de mil milhões de visualizações no YouTube.

Assim, com a ajuda da sua ferramenta de machine learning, a Google decidiu criar um vídeo infinito da música Bad Guy utilizando mais de 15,000 covers da música publicados no YouTube.

Como funciona o vídeo infinito da música Bad Guy da Billie Eilish

Para experimentares este novo vídeo criado pela Google, basta acederes ao site oficial da experiência aqui.

Assim que toda a página é carregada e a ferramenta está pronta para iniciar a reprodução, vais poder iniciar a experiência carregando no botão "Click to Play".

A partir daí, vai começar a reprodução do vídeo/áudio original da música, sendo depois apresentadas sugestões aleatórias de outros covers publicados no YouTube. A partir do momento em que "saltas fora" do vídeo original, vais entrar numa viagem sem fim no mar de covers da música.

Google YouTube Billie Eilish

Na zona inferior da janela, vais ter um carrossel de hashtags que poderás selecionar de forma a influenciar as sugestões apresentadas.

O que torna este vídeo mais impressionante é o facto de que todos os vídeos e respetivas sugestões estão sincronizados de forma brilhante, tornando toda a experiência ainda mais impressionante.

Não há indicação se a Google pretende realizar esta experiência com outras músicas mas, para já, fica sem dúvida a ideia de que poderia ser uma abordagem muito interessante.

Editores 4gnews recomendam:

Vitor Urbano
Vitor Urbano
Sempre de mão-dada esteve a tecnologia, o desporto e o mundo gaming. Por isso, se não estiver a escrever sobre o que de novo há no mundo da tecnologia, o mais provável é estar a jogar uma partida de Ultimate Team no FIFA 19.